Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Atleta de 15 anos teve 30% do corpo queimado; estado é gravíssimo

Jonathan Cruz Ventura foi levado para o Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Municipal Pedro II, onde passa por cirurgia

O atleta Jonathan Cruz Ventura, de 16 anos, é um dos feridos no incêndio no Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo, que inspira mais cuidados. Segundo a Secretaria da Saúde do Rio de Janeiro, seu quadro de saúde é “gravíssimo”.

Atingido no rosto, no pescoço, no tórax e nos braços, ele teve queimaduras em 30% do corpo. Jonathan foi levado para o Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Municipal Pedro II para ser submetido a uma cirurgia.

Também foram internados Cauan Emanuel Gomes Nunes, 15 anos, e Francisco Diogo Bento Alves, 15. A situação dos dois “inspira cuidados” e é considera estável. Todos os resgatados foram levados inicialmente para o hospital municipal Lourenço Jorge. Cauan e Francisco foram transferidos para um hospital privado na Zona Oeste do Rio. Dos três, o que está em melhor estado é Cauan, que está lúcido.

Segundo o tenente-coronel dos Bombeiros, Douglas Henaut, todas as vítimas foram levadas para o hospital conscientes. O clube ainda não se pronunciou. Um grupo de pessoas aguarda informações em frente ao centro de treinamento George Helal, conhecido como Ninho do Urubu.

O fogo começou de madrugada em um alojamento de atletas da base do Flamengo, que abriga jogadores de até 20 anos, e os Bombeiros foram acionados às 5h17.

“A gente tem o local, que é o alojamento, onde os jogadores da base do Flamengo dormiam. A identificação das vítimas é feita posteriormente pela Polícia Civil. Pelo horário, todos estavam dormindo e isso pode ter contribuído com a tragédia. Sabemos que são jovens da base”, disse Douglas Henaut.