Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘É a maior tragédia da história do clube’, diz presidente do Flamengo

Rodolfo Landim lamentou as mortes de jovens atletas no Ninho do Urubu e afirmou que o clube rubro-negro está de luto

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, afirmou em um pronunciamento oficial que o incêndio que atingiu o Ninho do Urubu, centro de treinamento do clube na zona oeste do Rio de Janeiro, é a “maior tragédia pela qual o clube já passou em 123 anos de história”. Ele lamentou as mortes e afirmou que o Flamengo não poupará esforços para que isso seja minimizado.

“Estamos todos consternados. O mais importante é se dedicar a tentar minimizar o sofrimento e a dor dessas famílias”, disse o presidente do clube.

O fogo começou no alojamento destinado aos atletas das equipes de base. Até o momento, foram confirmadas 10 mortes – entre eles, alguns dos jogadores já começaram a ser identificados. Três vítimas estão hospitalizadas, uma em estado gravíssimo com 30% do corpo queimado.

Landim afirmou que o clube está de luto e que “é uma tristeza enorme que a gente está sentindo”. Mais cedo, o Flamengo já tinha postado nas redes sociais o único posicionamento até então, que dizia “Flamengo está de luto”.

O presidente afirmou que o Flamengo está colaborando com as autoridades para que a causa do incêndio possa ser apurada. Sobreviventes relatam que o fogo começou em um ar-condicionado de dentro de um dos quartos do alojamento, e o fogo começou a se alastras. A Polícia Civil do Rio de Janeiro ainda não confirmou a informação.