Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Rio Grande do Sul Por Veja correspondentes Política, negócios, urbanismo e outros temas e personagens gaúchos. Por Paula Sperb, de Porto Alegre

RS cria cadastro de pedófilos para combater abuso de crianças

Plataforma poderá ser acessada por conselheiros tutelares e secretários de assistência social

Por Paula Sperb Atualizado em 1 fev 2018, 10h06 - Publicado em 1 fev 2018, 08h58

O Rio Grande do Sul contará com um Cadastro Estadual de Pedófilos para colaborar no combate aos crimes sexuais contra crianças e adolescentes. O cadastro poderá ser acessado por meio do site da Secretaria de Segurança Pública (SSP) por órgãos e entidades que atuem na área de proteção à infância como Ministério Público, Judiciário, Polícia Civil e Brigada Militar e por conselheiros tutelares e secretários de assistência social. Segundo o governo, até outubro de 2017, o número de denúncias de estupro de vulnerável no Rio Grande do Sul alcançou 2.300 casos.

A lei que cria o cadastro foi sancionada na última quarta-feira (31) pelo governador José Ivo Sartori (MDB). A legislação é de autoria do deputado estadual Maurício Dziedricki (PTB). “Devemos proteger o direito sagrado da infância. Proteger é perceber os sinais e reforçar o sistema já existente. A nossa lei vem para ajudar a combater esse tipo de atrocidade que causa danos permanentes, tanto físicos quanto psicológicos nos jovens e nas crianças”, Dziedricki durante o evento para sancionar a lei.

  • O Rio Grande do Sul será o quarto estado a receber um registro do tipo segundo a assessoria do deputado. Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e São Paulo já possuem este cadastro.

    No mesmo dia em que a lei que cria o Cadastro Estadual de Pedófilos foi sancionada, a Polícia Federal prendeu em Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre, um estrangeiro de 46 anos procurado pela Interpol por pedofilia. O homem que produzia e distribuía material pornográfico infantil fazia parte de um grupo que atuava no Brasil e países como México, Costa Rica e Estados Unidos.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade