Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Manuela D’Ávila fica tecnicamente empatada em 2º, atrás de Bolsonaro

Em cenário sem Lula, deputada gaúcha aparece na frente de Alckmin e Haddad, empatada com Ciro e Marina

Em uma pesquisa para realizada com eleitores do Rio Grande do Sul pelo Instituto Paraná, a deputada gaúcha Manuela D’Ávila (PCdoB) fica na frente dos veteranos Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT) em um cenário sem o ex-presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva na corrida pela Presidência da República (veja gráfico abaixo).

No mesmo levantamento, quando Lula é incluído entre os presidenciáveis, ele perde pela primeira vez para Jair Bolsonaro (PSL-RJ), conforme mostrou a coluna Radar. Nas pesquisas que abrangem todo o território nacional e não apenas o Rio Grande do Sul, feitas por Ibope e Datafolha, Lula é o preferido. O Instituto Paraná ouviu 1.540 pessoas em entrevistas pessoais em 64 municípios do Rio Grande do Sul.

Como a margem de erro da pesquisa é de 2,5%, Manuela, que tem 7,9% das intenções de voto, fica tecnicamente empatada no segundo lugar, atrás de Bolsonaro. Manuela aparece empatada com Ciro Gomes (PDT), que tem 9,9%, Marina Silva (Rede), 9,9%, e Álvaro Dias (Podemos), com 7,4%. Na sequência estão Geraldo Alckmin (PSDB), com 5,2% e Fernando Haddad (PT).

Quando Lula aparece na pesquisa estimulada (veja segundo gráfico abaixo), a intenção de voto em Ciro, Marina e Manuela caem pelo menos dois pontos. Manuela, então, fica com 4,4%. Quando Lula consta na pesquisa, o número de eleitores que não votaria em nenhum candidato cai de 19,3% do primeiro cenário para 13,4% do segundo cenário.

Esta é a primeira vez em 95 anos que o PCdoB lança uma candidatura a presidente do país e Manuela tem garantido que não irá recuar para uma possível união entre candidatos de esquerda.

O Instituto Paraná também sondou a intenção de voto dos gaúchos para o próximo governador. Mesmo coma  tradição de não reeleger nenhum governador, os gaúchos apontam o atual chefe do Executivo, José Ivo Sartori (MDB), como o preferido, apesar da reprovação à sua gestão.

Cenário sem Lula

Cenário com Lula

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Paulo Bandarra

    Não força. Ela está em quarto lugar.

    Curtir

  2. Paulo Bandarra

    Mas mostra o futuro de país sem esperança.

    Curtir

  3. Marcia Candido

    Não acho que esses numeros representem de fato o cenário que teremos em Outubro. Até lá temos muito debate de propostas pela frente. Assim que o eleitor parar pra pesquisar o plano de governo e o histórico de trabalho dos candidatos esse cenário vai começar a mudar. Eu já fiz tudo isso e escolhi Alckmin para presidente.

    Curtir

  4. Pedro Caldas

    Pesquisa agora não diz nada! Alckmin é o mais preparado, o que mais tem propostas e serviço prestado! Quando começarem os debates e programas eleitorais, o povo vai ver que o mais competente é o Geraldo, e é disso que o Brasil precisa agora!

    Curtir

  5. André Fehrenbach

    Pesquisa não significa nada nesse momento. Geraldo vai crescer na hora certa e é um dos favoritos a vencer.

    Curtir

  6. João Rinoceronte

    Alckmin além de honesto, é o único com capacidade de negociação, diálogo político e competência para trabalhar a frente do país!

    Curtir