Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O rompante de Pargendler

Em abril, o atual presidente do STJ, Ari Pargendler, deixou constrangidos os colegas do Conselho da Justiça Federal ao abandonar a reunião que aprovou a distribuição das 230 varas federais. Então vice do STJ, Pargendler discordou na sessão do voto vencedor do presidente Cesar Asfor Rocha, costurado há meses com apoio dos presidentes dos Tribunais […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 13h49 - Publicado em 26 out 2010, 09h39

Em abril, o atual presidente do STJ, Ari Pargendler, deixou constrangidos os colegas do Conselho da Justiça Federal ao abandonar a reunião que aprovou a distribuição das 230 varas federais. Então vice do STJ, Pargendler discordou na sessão do voto vencedor do presidente Cesar Asfor Rocha, costurado há meses com apoio dos presidentes dos Tribunais Regionais Federais e da OAB.

Pargendler foi o único a votar contra a proposta, embora durante as negociações jamais tenha se queixado do acordo. Queria reabrir a discussão à consulta pública. Disse Pargendler aos colegas na sessão:

– Eu vou me retirar. Não tenho porque participar desta decisão.

Nem participou do tradicional almoço entre os conselheiros, quando o julgamento foi suspenso. Mas voltou para a sessão da tarde, mais calmo.

Continua após a publicidade
Publicidade