Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Corrida contra o tempo no STJ para federalização do caso Marielle

Até o final do ano, a 3ª Seção tem apenas mais três encontros

Por Mariana Muniz - Atualizado em 8 nov 2019, 10h31 - Publicado em 8 nov 2019, 09h31

Até o final do ano, a 3ª Seção do STJ – responsável por julgar a federalização do caso Marielle Franco – tem apenas mais três encontros.

O colegiado de ministros, que se reúne a cada duas semanas, tem duas sessões marcadas para novembro. E uma prevista em dezembro, simbólica, para o encerramento do ano.

Responsável pelo processo, a ministra Laurita Vaz tem dito que quer analisar a questão ainda em 2019. Na Corte, porém, há o temor de que não haja tempo hábil para o julgamento: a fila de processos é longa.

Publicidade