Blogs e Colunistas

Paul Walker

28/11/2013

às 14:06 \ Vasto Mundo

Revista relata maus tratos e mortes de animais em produções de Hollywood

Tigre usado em algumas cenas de 'As aventuras de Pi' quase morreu afogado, segundo reportagem (Foto: Divulgação)

O tigre usado em algumas cenas de ‘As aventuras de Pi’ quase morreu afogado, e dezenas de ovelhas e cabras acabaram morrendo durante as filmagens de “O Hobbit: Uma jornada inesperada”, segundo reportagem (Foto: Divulgação)

Publicado no jornal O Globo

REVISTA RELATA MAUS-TRATOS E MORTES DE ANIMAIS EM PRODUÇÕES DE HOLLYWOOD

Reportagem investigativa do Hollywood Reporter mostra que organização abafou casos de sofrimento de bichos durante filmagens. O tigre usado em As aventuras de Pi teria quase se afogado

Uma reportagem da revista semanal Hollywood Reporter apresenta evidências de que a American Humane Association (AHA), organização responsável por supervisionar o tratamento dispensado a animais nas gravações de filmes e programas de TV, abafou, sistematicamente, casos de maus tratos e mortes, tudo para preservar as relações com poderosos produtores de Hollywood.

O texto explica como o grupo se tornou “parte da indústria que deveria regulamentar”. [A indústria cinematográfica norte-americana foi quem iniciou campanhas sistemáticas para informar que, nos filmes de Hollywood, jamais animais são maltratados.]

De acordo com a publicação, que manteve a maior parte das fontes sob anonimato, um treinador deu socos em um cachorro no set de Resgate abaixo de zero (2006), filme da Disney estrelado por Paul Walker; um esquilo foi esmagado nas filmagens da comédia romântica Armações do Amor (2006), com Matthew McConaughey e Sarah Jessica Parker; e dezenas de ovelhas e cabras morreram em O Hobbit: Uma jornada inesperada. Treinadores já haviam denunciado a morte de bichos nos bastidores do épico de Peter Jackson.

“Em 2003, a AHA optou por não comentar publicamente a respeito das dezenas de peixes e lulas mortos que apareceram na praia durante quatro dias de filmagens em ‘Piratas do Caribe: A maldição do Pérola Negra’”, diz a reportagem, intitulada “Animais foram feridos: O pesadelado exposto de Hollywood sobre morte, lesão e sigilo”. “Funcionários não tomaram nenhuma precaução para proteger a vida marinha quando ativaram explosões no oceano, de acordo com o representante da AHA presente no set.”

A AHA — financiada pelo SAG-AFTRA (sindicato de atores) e pela associação comercial Alliance of Motion Picture and Television Producers, que representa os estúdios — argumentou que os incidentes aconteceram de maneira não intencional ou “não relacionadas ao trabalho”.

Morte de cavalo durantes as filmagens de "Cavalo de Guerra" foi abafada (Foto: Divulgação)

Morte de cavalo durantes as filmagens de “Cavalo de Guerra” foi abafada (Foto: Divulgação)

O Hollywood Reporter relata ainda as mortes de uma “girafa idosa” no set de O zelador animal (2011), com Kevin James, e de um tanque inteiro de peixes em O filho do Máscara. O tigre usado em As aventuras de Pi (2012), que rendeu o Oscar de direção a Ang Lee, teria quase se afogado — embora o animal tenha sido recriado em computação gráfica na maior parte das cenas, um modelo real foi necessário em determinados momentos.

Os jornalistas obtiveram um e-mail em que uma monitora da AHA, Gina Johnson, relata o acidente para uma colega, e acrescenta, em letras maiúsculas: “NÃO CONTE ISSO PARA NINGUÉM, ESPECIALMENTE PARA O ESCRITÓRIO!”.

Segundo um processo da ex-chefe de produção da Film & TV Unit, Barbara Casey, a AHA também teria concordado em abafar a morte de um cavalo em Cavalo de guerra, para “proteger Steven Spielberg, uma das pessoas mais notáveis e com mais influência na história de cinema”, e também para evitar o “grande volume” de atenção que a notícia receberia da imprensa.

 

LEIAM TAMBÉM:

DICA DE FILME: Você ainda não viu “Aventuras de Pi”? Pois vá correndo alugar!

Exclusivo para VEJA: Spielberg fala sobre seu último filme, “Cavalo de Guerra”, sobre chorar ou não chorar e outros temas

Roberto Pompeu de Toledo: Alianças estratégicas do homem — com os cavalos, com os cães — acabaram sendo proveitosas para as duas partes

Ativistas resgatam cães maltratados de laboratório no meio da madrugada

04/09/2012

às 19:16 \ Tema Livre

Amenize seu dia com essas FOTOS IRRESISTÍVEIS (e um vídeo): cães acompanhados de seus melhores amigos… outros cães, é claro!

Uma das duplinhas clicadas por Walker: cumplicidade (Fotos: Paul Walker)

Uma das duplinhas clicadas por Walker: cumplicidade (Fotos: Paul Walker)

Está na ponta da língua de todo mundo: “o cachorro é o melhor amigo do homem”. Mas… sem menosprezar os laços milenares entre seres humanos e cães, fica difícil superar a empatia que pode existir entre os próprios cães.

É o que mostra uma irresistível seleção de retratos feitos por um dos maiores especialistas em fotografias de animais de estimação em atividade, o escocês Paul Walker, de 40 anos.

Walker dá sempre prioridade à natureza como pano de fundo dos ensaios (Fotos: Paul Walker)

Walker dá sempre prioridade à natureza como pano de fundo dos ensaios

Nas imagens, duplas, trios ou grupos de cães correm, saltam e brincam em espaços ao ar livre inseridos na natureza – uma característica do trabalho de Walker -, dando comoventes e graciosas amostras de cumplicidade e companheirismo.

Dezenas de prêmios

Às vezes, imagens como esta levam dias para serem captadas

Às vezes, imagens como esta levam dias para serem captadas

Premiado com dezenas de troféus conferidos por entidades escocesas e britânicas – incluindo também outras de  suas especialidades, como “casamento” e “família” – , Walker começou a clicar os bichinhos que habitavam sua casa aos cinco anos de idade.

A paixão foi crescendo e acabou se tornando a modalidade de destaque da empresa de fotografia que abriria com a esposa, Kathryn, também fotógrafa. Tornou-se referência no registro de momentos únicos vividos pelos pets sozinhos, na companhia de seus donos ou cercados por seus semelhantes.

As expressões dos cães falam por si

A atitude dos cães fala por si

Assistam abaixo a um vídeo que mostra os bastidores de uma sessão de fotografias comandada por Walker e protagonizada pela cachorrada. Ele revela que chega a passar vários dias com os mesmos animais para captar um único retrato que valha a pena.

Desde 2008, Walker renova anualmente o título de Melhor Fotógrafo Escocês de Animais de Estimação. Mais imagens de sua autoria e informações  vocês encontram no seu site oficial. Por hora, deliciem-se com mais estas fotografias:

-

-

-

-

-

-

-

-

 

LEIAM TAMBÉM:

Fotos surpreendentes: Os assustadores animais subaquáticos de Seth Casteel

Fotos: bichos — para encantar, divertir ou surpreender

Fotos muito especiais: a fúria de ursos, um elefante, macacos, um jacaré e até um hipopótamo contra humanos

Fotos hilárias: sou gato, durmo onde quero, do jeito que eu quero!

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados