Blogs e Colunistas

27/09/2012

às 18:46 \ Política & Cia

VÍDEO IMPERDÍVEL: apalpando garota seminua enquanto fazia “reportagem” para a TV, o líder das pesquisas para prefeito de São Paulo já mostrava seu nível

Russomano, em 2012, em plena campanha para prefeitura de São Paulo, apoiada pela Igreja Universal do Reino de Deus

Celso Russomanno em campanha para a Prefeitura de São Paulo, apoiado pela Igreja Universal do Reino de Deus

Amigas e amigos do blog, vejam que cavalheiro de fina estirpe é o atual líder das pesquisas de intenção de voto para prefeito de São Paulo, Celso Russomanno (PRB), ex-apresentador de programas de TV sobre a noite paulistana, posteriormente criado como político na estufa do malufismo.

Russomanno, trabalhando no carnaval de 1990, como repórter

Russomanno, o Menino Malufinho, quando "repórter", durante um baile de Carnaval em 1990. Teoricamente, ele estava "trabalhando"

O Menino Malufinho, como vocês verão no vídeo, fazia tudo o que um jornalista de verdade não deve ao realizar suas “entrevistas”. O vídeo é apenas um exemplo de um comportamento que se repetia.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

64 Comentários

  • Victor

    -

    13/9/2014 às 16:50

    O vídeo me parece mais um elogio ao bom gosto que uma “prova” de má conduta.

  • wesley

    -

    2/9/2014 às 23:05

    Nossa,o cara não da novidade atualmente e tiveram que caçar essa lá do fundo do baú pra tentar sujar o nome dele. Em época de eleições vale tudo pra ganhar né.

  • Ana Gonçalves

    -

    28/12/2013 às 18:25

    Foi sexi, acho que ele mostrou o que sentia.
    Mas podia fazer aquilo não em publico.
    Foi interessante,mas se tinha tanta curiosidade na mama deveria apalpar as duas.Não?
    Lol!!!!!!!!!!!!!!!

  • paulo

    -

    12/8/2013 às 17:49

    Caro Paulo, infelizmente precisei deletar seu comentário.
    Compreendo sua irritação, mas definitivamente não vou colocar mais asteriscos em xingamentos, palavrões, ofensas, acusações sem provas ou coisas do tipo que violam as regras do blog e a ética, transformam este espaço em algo que não desejo e, além do mais, podem trazer consequências criminais para você, para mim e para a Editora Abril.
    É perfeitamente possível fazer críticas, as mais pesadas, a um homem público — um parlamentar, um governante, um magistrado etc — sem lançar mão dessa linguagem.
    Peço que leve isso em conta da próxima vez, porque não publicarei mais comentários com esse tipo de impropriedades de forma alguma.
    Conto com sua colaboração.
    Obrigado

  • Cynthia Nogueira

    -

    12/10/2012 às 1:58

    É sério? Você posta isso em tom de crítica enquanto a revista que você trabalha coloca semanalmente fotos de mulheres seminua!! Aliás, bem aqui ao lado tem um link da Playboy. Como é que se chama isso mesmo? Ah sim! Sentar no rabo pra falar dos outros! Seja coerente, vc cobra postura ética do cara e sequer tem uma para apresentar! Em tempo: não votei no Russomano, nem moro em São Paulo!

    Cynthia, você precisa ter mais noção das coisas antes de criticar.

    Não tem nada a ver a publicação de fotos perfeitamente aceitáveis — onde raios está a falta de ética nisso? — com a crítica a um comportamento inaceitável.

    Um “repórter” que se diz “profissional” apalpar uma moça MENOR DE IDADE, ainda mais DURANTE O TRABALHO, e diante das câmara de seu “programa”, é algo absolutamente antiético, indevido e cafajeste.

    Sua defesa do Menino Malufinho me faz supor que, sim, você não apenas gosta do candidato do “bispo” Edir Macedo como deve ter, sim, votado nele.

  • Paulo

    -

    7/10/2012 às 17:49

    Tem esse vídeo e outro que o Russomano pega em parte da fantasia da mulher, um cacho de uva, bem próximo das partes íntimas dela; e tem um cara que aparenta ser o namorado (ou marido, ou amigo) dela. Ela fica visivelmente constrangida e o Russomano está (aparentemente) bêbado. http://www.youtube.com/watch?v=D5wlIRTsGSI

    Pois é, Paulo, parece que o eleitorado de São Paulo despertou para a verdadeira face da figura que liderava as pesquisas de intenção de voto e chegou à conclusão de que não se pode eleger alguém assim.

    Nem vou, portanto, colocar o vídeo no ar. Mas agradeço o envio.

    Abração

  • DANDÃO

    -

    6/10/2012 às 18:12

    Ja imaginaram um Policial Militar em serviço, tendo
    uma atitude assim? Seria sumariamente expulso da cor-
    poração, Alem do que o moralismo religioso dos evan-
    gélicos faria recair sobre o dito, a furia que eles
    acham ser divina. Mas como é político, bem situado
    nas pesquisas, não tem pecado.

  • Su.

    -

    6/10/2012 às 17:18

    Não voto em São paulo, portanto posso muito bem opinar, o que eu acho engraçado é que me pareceu que a mocinha estava gostando muito de ser apalpada, até sorriu…e essa matéria não desaprova nada, não significa que o senhor candidato seja um mal caráter, ora se a mocinha deu corda qualquer um faria o mesmo.

    Não! Nada disso! Qualquer um faria o mesmo coisíssima nenhuma. Esse camarada estava TRABALHANDO. Jornalista de verdade que se comporte assim no trabalho é caso de demissão sumária, por justa causa, em qualquer empresa de comunicação que se preze.

    “A mocinha” que “deu corda” se manifestou esta semana — e tinha DEZESSEIS ANOS na época.

    O vídeo mostra, sim, o caráter do Menino Malufinho. Só não enxerga quem quer.

  • Gabriela

    -

    6/10/2012 às 9:36

    Modelo apalpada há 22 anos diz agora que vai à justiça
    Kátia Dias, entrevistada por Russomanno, acionará também Aloysio Nunes

    A cena é de 1990. Kátia, hoje casada, pós-graduada na área de saúde, tinha 16 anos, era modelo e foi ao Rio para representar São Paulo no concurso Garota de Ipanema. Ficou em quinto lugar e foi desfilar graça e virtudes na festa de Momo. Lá estava um jovem repórter, Russomanno.

    “Não poderia continuar passiva diante da minha imagem tão veiculada e comentada nestas últimas semanas por causa de seu uso indevido pelo sr. Aloysio Nunes em prol de seu candidato à Prefeitura”, ela diz. “Interesse meramente depreciativo e eleitoreiro, sem nem sequer se preocupar com quem está ali exposta. Um desrespeito, uma agressão.”

    O que a desconforta mais, diz, é que o próprio candidato do PRB, questionado sobre tal conduta, não se fez de rogado. “Em recente programa de TV, o sr. Russomanno ainda fez comentários a respeito como se tivesse feito ‘um bom trabalho’. Vangloria-se de sua atuação.”

    Cara Gabriela, o fato trouxe à tona a novidade de que, além de tudo, a garota era MENOR! Esse é o caráter do Menino Malufinho, que quer ser prefeito da maior cidade do Brasil…

  • GRAZIENE /valcira

    -

    5/10/2012 às 20:48

    PUBERDADE SEI.. EM PLENA REDE NACIONAL .. FALA SÉRIO ISSO É UMA VERGONHA !! COMO DIZIA BORYS CASOY TOSCO!!

  • marcos

    -

    5/10/2012 às 13:32

    desculpe!mas nessa materia ele era bem jovem!não tem nada ver uma coisa com a outra ela queria o que com os peitos de fora. e a ***** so com porpurina o homem ficou ** ***** ***** fazer o que?

    Vá lá, vote nesse energúmeno e pronto. O débil mental era repórter, se dizia jornalista, tinha que ter alguma compostura durante o trabalho.
    Mas já vi que é inútil argumentar com pessoas como você.

  • luiz

    -

    5/10/2012 às 13:18

    qdo eu vejo alguem detonando algum politico e defendendo outro,ja sei que é farinha do mesmo saco.

    Não visto essa carapuça, não, Luiz. Detono quem considero sem competência e sem caráter para concorrer ao posto que aspira.

    Pelo jeito, você gosta do energúmeno. Pois não se acanhe, vote nele — e, depois, aguente as consequências.

  • arilson sartorato

    -

    5/10/2012 às 11:36

    ESPERAR O QUE DE UMA PESSOA QUE FAZ COMENTÁRIO NUMA REVISTA DA IMPORTÂNCIA DA VEJA, E NESTA RESPEITADA COLUNA COM O Pseudônimo DE ‘ ZÉ CARCARÁ’ (20:28hs), além de outros tão ignorantes mais abaixo.

  • Joel

    -

    5/10/2012 às 10:44

    Ricardo Setti, o “HETEROFOBIA NÃO!”, foi apenas uma brincadeira. É que esqueci de colocar entre aspas e acrescentar o hahahahahaha.

  • Joel

    -

    5/10/2012 às 10:38

    Caro, Ricardo Setti, não vejo nenhum problema em um jornalista manifestar sua opção sexual, que é apenas o que transparece nas imagens, que aliás, manifestam o bom gosto dele. Nunca vi nenhum jornalista, que tenha abraçado uma bicha ou traveco em uma parada gay ser criticado. TAMBÉM, NÃO ACHO ELE PREPARADO PARA GOVERNAR SÃO PAULO, MAS, HETEROFOBIA NÃO!
    Obs.: Não sou eleitor em São Paulo.

  • Zé carcará

    -

    3/10/2012 às 20:28

    O que é que tem a ver isso com a postura política dele atual? Principalmente se era no carnaval.

    Santo Deus, haja paciência — e explico de novo: jornalista TRABALHANDO não pode em hipótese alguma, repito, em hipótese alguma, ter o comportamento desse senhor.

    O objetivo foi mostrar o tipo de comportamento desse rapaz. Caráter, meu amigo, não muda com o tempo — só piora.

  • markito-Pi

    -

    3/10/2012 às 12:35

    em 29/9, escrevi um comentário com todos os palavrões que consegui encontrar, assim de pronto, para qualificar o ****** russomano.
    Ricardo Setti é tão generoso, que elevou meu texto às alturas.Eu mesmo morri de rir, ao imaginar o que cada colega faria se quisesse preencher os espaços.Imaginei até o que eu mesmo faria, preenchendo as lacunas sublinhadas. E, tenho certeza que, pois mais violentos que sejamos, nem coçamos o que é este cafajeste que só entrou na política, a convite do PSDB, para dar golpes e levar algum.
    Setti, Você é demais.

  • José Geraldo Forte

    -

    3/10/2012 às 9:47

    Olha, quando eu era criança, bebê, minha mãe dizia que eu comia minha própria fezes. Todos nós já fomos jovens e, fizemos coisas que hoje não faríamos mais. A Vida é uma constante evolução. Aprendemos todos os dias e, como bem diz o Poeta”… como uma onda no mar…”

  • ismael

    -

    2/10/2012 às 16:26

    Reportagem Tendenciosa, não o conheço mais sei que uma foto dessa (vinte anos atrás) não é o bastante para conhecer uma pessoa! Existe algum interesse oculto nessa publicação!

    O interesse não é oculto, não! E isto, Ismael — aprenda direitinho — não é uma “reportagem”. É uma notinha com viés de opinião.

    Porque este é um blog de OPINIÃO. E minha opinião sobre o Menino Malufinho é a pior possível.

    O interesse foi, como sempre tem sido, o de mostrar a trajetória desse cidadão inteira e totalmente desqualificado para governar uma cidade do porte de Sãqo Paulo.

    Não interessa se foi há X ou Y anos. O vídeo mostra o caráter de alguém que diz ser “jornalista”, se comportando dessa forma durante o trabalho, e perante as câmeras.

    Mas vote nele sossegado, é um direito seu. Todo cidadão tem o sagrado direito de escolher o pior candidato possível para sua cidade.

  • Robercildo

    -

    2/10/2012 às 6:07

    Podem ir ********* bumbum, todas as vossas mercês.

  • Grace Olsson

    -

    2/10/2012 às 5:05

    Eu Fico pensando como são Paulo ficara depois dessa eleição se esse rapaz se eleger

  • IG Barros

    -

    2/10/2012 às 0:37

    Não se amofine SETTI. A curriola do “menino Malufinho” é assim mesmo, mal educada e não suporta uma crítica. Imagine se o mano Russo ganhar as eleições. Aí sim a administração municipal vai prá “cucuia”.

  • Neto

    -

    1/10/2012 às 19:37

    Mal educado é você. Se não gostou do blog, pode dar o fora.

  • Corinthians

    -

    1/10/2012 às 14:53

    Acho que a grande questão aqui está fugindo.
    Não é o fato de ele se empolgar, ser cafageste, o baile ser hardcore.
    Não é o fato de ele ser “jornalista”.
    Claro que muitas pessoas vão à estes bailes, e exageram muito mais.
    O problema é ele agir assim durante o trabalho – e ainda mais agora se candidatando à um cargo público, com dinheiro público.
    Será então que ele poderia agir assim sendo prefeito em uma festa de carnaval patrocinada pela prefeitura, já que ele está lá só para “fiscalizar” a utilização do dinheiro ?
    É o fato de ele agir assim durante o trabalho

    Pois, caro Corinthians, este tem sido exatamente meu ponto nas respostas a alguns comentários que, supostamente, não vêem “nada demais” na atitude do “jornalista” DURANTE O TRABALHO, absolutamente intolerável para qualquer profissional. Nem preciso acrescentar o adjevito “sério”. Para qualquer profissional.

    Você está 100% correto. Esse cidadão não tem a menor estatura — em todos os sentidos — para ser prefeito de uma grande cidade brasileira, ainda mais São Paulo.

    Um abração

  • Alan

    -

    1/10/2012 às 11:45

    A Veja está desesperada. Por que não mostram as papagaiadas do Serra, que não conclui mandato?

    A VEJA está desesperada?

    Não me mate de rir.

    A revista continua circulando com 1,2 milhão de exemplares semanais, é campeã em faturamento publicitário e é a quarta maior revista semanal de informações do mundo.

    E saiba que, aqui no enorme e confortável edifício Abril, no 19º andar, com excelente vista de São Paulo, ótimo ar condicionado e perfeitas condições de trabalho, está todo mundo numa boa. O Augusto Nunes e eu, que sentamos próximos, passamos o dia trabalhando e dando gargalhadas com bobagens que alguns leitores, como você, escrevem.

    Serra não concluiu o mandato por uma razão nobilíssima: evitar que a camarilha petista tivesse alguma chance de chegar ao Palácio dos Bandeirantes.

    Ele massacrou nas urnas o petista Aloizio Mercadante — que só venceu as eleições em 26 dos 645 municípios — e, durante três anos e meio, realizou um excelente governo.

  • CARLOS

    -

    1/10/2012 às 8:11

    Seu comentário, entre aspas, cafajeste e ofensivo, não será publicado.

  • NILVA

    -

    1/10/2012 às 1:15

    O que essa pessoa quis dizer que RUSSUMANNO mudou muto daquele tempo pra agora isso e muito bommm,mudar pra melhor.Pior é aquele como vc, que fica denegrido a imagem dele, e nào muda pra melhor,
    fica achando que vai tirar votos dele,mas qem fica mal nafoto é voce. MUDE O JEITO DE FAZER POLITICA “CARA”. ISSO è DO PASSADO

    Seu comentário é tão boçal e burro que nem vou responder. Vou publicar assim mesmo, para verem como você é brilhante.

  • Hildeberto Aquino

    -

    30/9/2012 às 20:09

    Você é no mínimo petista e dos piores – doentes! Querer trazer à tona eventos passados e torná-los instrumentos para tentar – falei tentar – denegrir a imagem desses ou daqueles concorrentes é apelação. Se nenhum deles tem competência é que os homens de bem se acovardam e não se expõem pleiteando um cargo eletivo e, por isso, não podem falar.

    Eu, petista? Hahahahahahahahahahahahahahahaha… Vota no incompetente, despreparado e ******, vota.

  • AlexRio

    -

    30/9/2012 às 19:48

    “Não quero ter x mil comentários por mês, todos concordando comigo. Não faz sentido para mim.” Bem colocado, tenho q aplaudir isso sendo ligo em blog da Veja. *** **** **** **** ***** ****

    Não publico qualquer insinuação de intriga sobre colegas, por isso os asteriscos.

  • AlexRio

    -

    30/9/2012 às 19:45

    A diferença dele pros outros repórteres q cobrem esses bailes de carnaval é nenhuma. Tremenda apelação isso. O cidadão, com isso, causa muito menos mal ao pais que os petistas do mensalão e os tucanos da “privataria tucana’. E não, eu não voto nele, nem de SP eu sou, antes q faça a ilação que fez com o comentarista Newton abaixo.

  • Newton

    -

    30/9/2012 às 16:54

    Por favor, que baixaria. O cara era um garoto e estava cobrindo o carnaval.
    Os idiotas que estão falando mal dele agora devem ter feiro coisa muito pior.
    Baixo nível.
    Newton

    O blog mostrar a cafajestice juvenil de um candidato é baixo nível — já o Menino Malufinho, como “repórter”, apalpando uma entrevistada, tudo bem, não é?

    Você vai votar nele, pelo jeito…

  • satyrojr

    -

    30/9/2012 às 16:30

    vc nao pegaram pesado? é tão comum no Carnaval e tava trabalhando como agora! rsrsrs

    “Comum” só para “jornalistas” entre aspas.

  • henrique rosa

    -

    30/9/2012 às 9:14

    Prezados, não votarei no Russomano, mas quem nunca foi na sua juventude num baile de carnaval mais “hardcore”, mesmo que só para ver o que acontecia, o único erro que vejo neste vídeo é ele misturar as funções de folião com o de “repórter”, fato ocorrido há 20 anos atrás, será que é relevante? É isso que pergunto. Agora quem nunca fez isso num baile de carnaval ou coisas similares na juventude, que jogue a primeira pedra.

    Há episódios que mostram o caráter de um candidato. Um jornalista minimamente sério jamais se comportaria como ele se comportou — não apenas nesse vídeo, mas em centenas de episódios semelhantes.

  • Márcia costa

    -

    29/9/2012 às 14:33

    Não entendi as críticas à publicação do vídeo. Mostram claro que nós ainda não entendemos que nada do que faça parte da vida dos candidatos pode ser ignorado pelo eleitor, vida pregressa, atual, pública ou privada. Se a frente das câmeras esse senhor se comporta de forma tão cafajeste, imagina então na alcova dos gabinetes.

  • MARYAUXI

    -

    29/9/2012 às 14:19

    Ok. Certo, Cara. E você quer dizer que os outros são anjinhos? Quer dizer que Marta serpente-venenosa Suplicy é melhor que isso? Você quer dizer que os maldito petistas são melhores do que isso? Que os do PCdoB (infames) são melhores do que isso?
    E você foi (e é) melhor que isso?
    Use argumentos outros argumentos.

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    -

    29/9/2012 às 12:47

    Amigo Setti:
    Uma imagem de 20 anos atrás e o tipo de reporcagem era comum em TODAS AS EMISSORAS DE TV.
    Temos centenas de motivos para não votar em Russomano mas este é totalmente irrelevante.
    Caso fosse eleitor dele – não mudaria meu voto por causa deste vídeo.
    Abraços
    Pedro Luiz

  • Rogerio Lobo

    -

    29/9/2012 às 10:50

    Não acho que esse video ė algo que julga alguem como incapaz. Creio que gostar de ver uma dançarina semi nua seja normal aos homens….

  • markito-Pi

    -

    29/9/2012 às 9:33

    Setti, lembrei-me.
    Bem que V. poderia pedir que levantem do arquivo da Abril a referida matéria da Vejinha.E mostra-la aqui no teu blog.

    O Augusato já está fazendo…

  • markito-Pi

    -

    29/9/2012 às 9:30

    Caro Setti.
    VEJO QUE v. E ALGUNS COLEGAS PALPITEIROS CHAMAM ESTE PICARETA rUSSOMANO DE JORNALISTA.nÃO É E NUNCA FOI.Tinha e tem uma empressa de nome Circuito Night and day, e infiltrava-se em festas de casas noturnas, daquelas frequentadas pela fina flor da michetagem, e gravava cenas, como esta aí daa foto e do vídeo, para uma suposta exibição. O que ocorria ocasionalmente, em horario comprado da TV Gazeta, de São Paulo.Também “empresariava” *** ***** ******( que eram muito boas), para uma ****** com um pouco de ******. Um *******, para usar a palavra que es livros recomendam.A Vejinha publicou ampla matéria sobre este cafajeste, na qual mostra a trajetória do *******.

  • Corinthians

    -

    29/9/2012 às 7:23

    Setti,
    Pegando carona no post do João leopold, que diz sobre o botão que permitiria dizer que não queremos nenhum dos candidatos atuais. Que eu saiba (corrija-me se eu estiver errado), este “botão” existe. Se a maioria da população anular os seus votos, novas eleições tem de ser marcadas e os candidatos trocados.
    Mas eu tenho sim muitas dúvidas se eles seriam trocados – eu sou sempre a favor de votar no melhor, ou dada a situação que temos, no menos pior. Em uma cidade grande seria necessária uma campanha muito bem feita para anular os votos da maioria da população – e a chance do “transporte de eleitores para a zona eleitoral gratuito”, ou o “pão com requeijão” oferecido por muitos partidos por aí fazer o pior candidato vencer é bem mais alta.

  • João Leopold

    -

    28/9/2012 às 20:20

    Caro Ricardo – Sou eleitor no Paraná, mas não resisto a meter o bico na minha cidade natal, não conheço este repórter Russomano agora para dar um pouco de igualdade nesta mediocridade de candidatos um vídeo com o Serra convidando uma artista (Pânico?) para ensiná-lo a dançar na sua casa seria justo.
    Arf depois alguém vai dizer que não sabemos votar quando de fato não temos escolha. Democracia verdadeira é ter na urna um botão que permita nós dizermos que não queremos nenhum destes candidatos atuais, alguma dúvida se todos eles seriam desclassificados?

    Tenho muitos, muitíssimos anos de janela, como se costuma dizer, e posso lhe garantir que há um grande número de políticos sérios, honestos, honrados e trabalhadores. Infelizmente quem sempre aparece são os canalhas.

    Abraço

  • Claudio russo

    -

    28/9/2012 às 16:11

    bundas maravilhosas……

  • Tuco

    -

    28/9/2012 às 15:05

    .

    Obrigado pela atenção e esclarecimento,
    Grande RSetti.
    Alinho-me a você, sem dúvidas, quando à
    liberdade de opinião (mesmo das bestas).
    O que não é cabível são comentários a
    atacar você – que sequer, muitas vezes,
    é autor do tópico!
    Palavras com condão de tentar desmoralizar
    verdadeira Reserva Moral, um menir do já
    pobre Jornalismo Nacional, não é aceitável!
    De coração, essa tralha toda tem mais é
    que frequentar a casa da puta que os pariu!


    .

  • Tuco

    -

    28/9/2012 às 10:49

    .

    Porra, Grande RSetti! Deixa de gastar
    bits com essa canalha de lambe-botas!
    Mete logo esse link http://goo.gl/xPWYV
    e vamos ver quais serão os comentários!
    Russomanno é o que de pior desponta no
    quadro eleitoral (tô dizendo desponta,
    vez que o trapo petralhento não paga
    placê…).


    .

    Grande Tuco, um blogueiro precisa responder a leitores. Não posso deletar os comentários de que não gosto — só faço isso quando são impublicáveis, literalmente.

    Por coincidência, já programei republicar hoje a notinha do Lauro Jardim. Aguarde.

    Não quero ter x mil comentários por mês, todos concordando comigo. Não faz sentido para mim.

    Abração e obrigado por sua permanente preocupação com este periodista.

  • Luiz

    -

    28/9/2012 às 9:00

    Eu não vou com a cara do Russomanno, por muitos motivos, mas nessa época ele estva fazendo uma reportagem sobre o carnaval.
    Por acaso queria que ele fosse de terno e gravata para essa festa ???

    Jornalista, quando está trabalhando, precisa ter compostura. Não pode se comportar como um cafajeste. Digo jornalista, e não “jornalista”, como é o caso do Menino Malufinho.

  • Paulo

    -

    28/9/2012 às 8:34

    Tá rolando na net: votar em Haddad do PT do Lula, acuado, culpando todo mundo menos ele e o partido, com medo da “Veja”, e em Russomanno do Edir Macedo da Igreja dos descarregos na sexta feira Universal é ir “ao cartorio e passar procuração pro CAPETA atuar em seu nome”.

    E que dando o voto ao PT em especial, promotor da ideologia do gênero, se v tem familia não assuste se seu filho arranjar um “namorado” e sua filha uma “namorada” O PT dá o jeito com o kit gay do Haddad.

  • carlos nascimento

    -

    28/9/2012 às 0:24

    Ricardo,
    A LOCOMOTIVA da AL não merece ser administrada por biografias com esse curriculum vitae, fico pasmo com essa perda de qualidade, a involução dos padrões são desanimadores, será que os exemplos dos diversos que já administraram Sampa, como : Salim, Pitta, Marta, Erundina, já não foram suficientes para o aprendizado eleitoral.
    A população em sua grande maioria tem poder de avaliação, possui o melhor nível educacional do País, portanto, reúne em seu conjunto força suficiente de mobilização, para no mínimo EXIGIR que os CANDIDATOS tenham outra qualificação.
    O País está mudando, revendo alguns paradigmas, já está na hora de frutificar melhores ESCOLHAS.

  • Angelo Losguardi

    -

    27/9/2012 às 22:50

    Espetáculo, heim!!! E não tô falando do Russomano, dane-se ele rsrsrsrs

  • Titus Petronius

    -

    27/9/2012 às 22:43

    Concordamos, Setti. Também “considero baixo, baixíssimo nível uma cidade como São Paulo correr o risco de ser governada por um paraquedista incompetente, despreparado, sem equipe, sem projeto e sem uma mínima trajetória pública”. Pronto! Russomano já foi revelado em uma única frase. Nem era preciso apelar para aquelas imagens com validade vencida. Abração…

    Valeu, Titus. Suas críticas — e estou me referindo a sua observação anterior a este comentário — são sempre bem recebidas, concorde eu com elas ou não.

    Um abração

1 Trackback

  • Maria Cristina Carvalhosa
 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados