Blogs e Colunistas

08/11/2010

às 14:43 \ Disseram

Romário e suas ex-mulheres

“Se eu tivesse mais cabeça e menos ex-mulheres, meu patrimônio seria muito maior”.

Romário, o Baixinho, supercraque do futebol eleito deputado pelo PSB carioca, em entrevista a VEJA.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

4 Comentários

  • Marco

    -

    9/11/2010 às 12:36

    Caro R. Setti: Me esqueci q ele foi campeão tbm, com o Grêmio aí em SP em 1982, tem uma história curiosa do seu Ênio, ele tinha acho quase a tua Idade e era um exímio Kicker,tbm foi um grande jogador de futebol aqui do Renner. E o goleiro na época era o Leão, e o Leão com seu estilo A. Nunes de direto a o ponto, desafiou o seu Ênio para uma aposta, se ele conseguiria em 10 penaltis fazer um gol nele. Seu Ênio refez a aposta, dizendo se em 10 penaltis, se ele conseguiria defender um. Pergunta para o Leão quem ganhou a aposta !
    Abs.

  • Marco

    -

    9/11/2010 às 9:40

    Caro Setti: Hoje não estou mais tão ligado em futebol,mas como tu falaste no Telê, e concordo contigo no time de 82. Ele e o seu Ênio Andrade meu ex vizinho de praia. São os dois melhores treinadores q conheço. Tinham liderança, conhecimento e mudavam os times no vestiário e nas substituições. O Luxemburgo não está numa boa fase técnica, mas tu ainda vê o seu dedo nos times. O seu Ênio
    teve uma infelicidade,estava dando um treino no Cruzeiro atrás das goleiras, quando um bola perdida o pegou no peito, com a batida gerou um cancer letal. Mas grande treinador em 79 o Inter foi campeão Invicto com ele, até com o Curitiba em 86 foi campeão. Por ironia do destino o único título q não teve foi o de campeão Gaúcho !
    Abs.

  • marcia setti

    -

    8/11/2010 às 17:40

    Ric querido,

    esta frase do Romário poderia ter sido dita por MUITOS amigos nosso, não?
    Mas, na realidade, o que fez ele mudar totalmente foi o nascimento da filha (o?) com problemas.
    Beijinhos e amor

    Marcia

    Ahahahaha, sem dúvida, sem dúvida.

    A filha dele, a caçulinha dos seis, é que tem problemas e realmente tocou a alma do Baixinho.

    Beijos e amor pra você também.

  • Marco

    -

    8/11/2010 às 17:08

    Caro R. Setti: Esse jogava muito,ele e o Fenomeno tbm são Gênios, o Fenomeno por jogar sem os dois joelhos. Ganharam 2 Copas sozinhos. E ambos são boa gente, mas Setti imagina tu ficar rico com 18 anos. Tu conseguiria evitar o assédio ???????
    Forte Abs.

    Meu Deus do céu, eu não preciso imaginar, eu vi. Certa vez, estava eu cobrindo a situação política no Chile quando da eleição de Salvador Allende, que ainda precisaria ser confirmada pelo Congresso, e por coincidência (feliz) fiquei no mesmo hotel da seleção brasileira, tricampeã de 1970, no México, que fora fazer um amistoso com a seleção chilena. Se bem me lembro, ganou de 40 a 0.

    Estava quase todo o timaço tricampeão lá, exceto — não me lembro bem — o Rivelino e alguém mais.

    A quantidade de mulher bonita que ficou cercando o hotel dia e noite era inacreditável. Era comum algumas tentarem subornar funcionários do hotel para entrar nos quartos dos jogadores e ficar lá, esperando eles chegarem.

    Também cobri a Copa do Mundo de 1982, com aquela seleção fabulosa de Sócrates, Zico, Falcão, Júnior etc. No exterior é a mesma coisa. E o Pelé estava como comentarista — ele não podia nem andar direito, nem na área reservada à imprensa. As mulheres pulavam em cima. Conversei muito com os jogadores durante os 2 meses de cobertura da seleção, em Portugal e na Espanha, e vi como é a coisa. Aquele pessoal queria ganhar a Copa e era muito disciplinado, mas, nas folgas, o Telê liberava todo mundo para o que julgasse melhor fazer.

    Abraços

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados