Blogs e Colunistas

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Dois vices, quatro problemas

Lindbergh: silêncio

Em busca do vice

Lindbergh Farias já iniciou as conversas para tentar convencer Marcelo Crivella a sair como vice em sua chapa. Lindbergh tem dois problemas: as pretensões de Crivella e as da cúpula do PT.

Os caciques do partido sonham com quatro palanques para Dilma Rousseff no Rio: do próprio Crivella e os de Lindbergh, Luiz Fernando Pezão e Anthony Garotinho.

Crivella também não se mostra disposto a ocupar lugar de coadjuvante. Acha importante ser candidato novamente para voltar a pôr o rosto na televisão e evitar o esquecimento do eleitorado fluminense.

Caso Crivella dê-lhe um ‘não’ definitivo, Lindbergh deverá formalizar o convite ao deputado estadual Pedro Fernandes, do Solidariedade, e terá outros problemas: o Solidariedade, de Paulinho da Força, apoiará Aécio Neves para o Palácio do Planalto, e a mãe de Pedro, a vereadora Rosa Fernandes, anda querendo ser candidata ao governo, contra PT, Lindbergh e os demais.

Por Lauro Jardim

segunda-feira, 15 de julho de 2013

19:28 \ Congresso

O plebiscito virou piada

Especulando sobre o vice

O malfadado plebiscito de Dilma Rousseff, que nem chegou a sair do papel, virou chacota no Congresso.

Quem busca alimentar a especulação e pergunta para o virtual candidato ao governo do Distrito Federal Rodrigo Rollemberg quem será seu vice ouve a seguinte provocação:

- Não sei, vou fazer um plebiscito para escolher.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Sem exclusividade

Cristovam Buarque: anfitrião

Cotado para vice

Cristovam Buarque recorre ao discurso da humildade, afirmando não ser o melhor nome para compor com Eduardo Campos, embora gostaria de virar vice na chapa do PSB ao Planalto em 2014, claro. Mas ele não corre sozinho na raia. Desde as primeiras especulações sobre a possibilidade de o PDT indicar o vice de Campos, sobra pedetista tentando se cacifar para ser o escolhido.

Explica um integrante do partido da Câmara:

- O Eduardo já conversou, sim, com o Cristovam. Mas, depois disso, toda hora chega um recado diferente. Dizem que, quando foi ao Sul, ele fez o mesmo com (José) Fortunati, que já mandou chegar ao Miro (Teixeira) que adoraria tê-lo como vice e etc…

Este é o PDT: até a mais distante das especulações é suficiente para deflagrar a infindável disputa interna.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

8:29 \ Judiciário

Convidado especial

Presença confirmada

Dos poucos convites que tem direito como vice-presidente do STF, Ricardo Lewandowski enviou um para Romário, que confirmou sua presença no coquetel da posse de Joaquim Barbosa.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

19:23 \ Governo

Temer “chanceler”

Dilma gostou do desempenho de Temer nas últimas viagens internacionais

É mais uma prova de que Dilma Rousseff não morre de amores pelo Itamaraty. Na conversa que teve com Michel Temer, ontem, Dilma praticamente nomeou o vice seu representante no exterior para prospecção de novos investimentos. Temer saiu da conversa com uma nova e carregada agenda de viagens internacionais e uma única missão: atrair para o Brasil investidores estrangeiros da Ásia, da Europa e do Oriente Médio.

Por Lauro Jardim

sexta-feira, 18 de junho de 2010

A luta pela vice 1

É restrito o grupo do DEM que defende intransigentemente que o partido indique o vice de José Serra. Entre os caciques da legenda, os principais defensores são Rodrigo Maia, Jorge Bornhausen e José Carlos Aleluia. A tendência é não levarem nada.

Por Lauro Jardim

terça-feira, 11 de maio de 2010

A volta do assunto Aécio

Depois de passar um mês em banho-maria, a discussão em torno da possibilidade de Aécio Neves aceitar ser vice de José Serra voltou à tona.

No domingo, foi FHC quem disse não descartar a hipótese e se mostrou entusiasmado. Ontem, foi a vez de José Serra emudecer, evitando negar a possibilidade de o mineiro ingressar na chapa.

É uma mudança em relação à posição das últimas semanas, quando os tucanos apenas repetiam que Aécio escolhera o Senado.

Por Lauro Jardim

quarta-feira, 17 de março de 2010

Ganhando tempo

Aliás, o PSDB mineiro não quer saber de decidir tão cedo quem terá a vaga de vice de Antônio Anastasia. São cotados o deputado federal Carlos Meles (DEM) e o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Alberto Pinto Coelho (PP). Coelho é o favorito, por enquanto. A decisão vai se arrastar até maio, quando estará mais claro o futuro do DEM em âmbito nacional.

Por Lauro Jardim

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Lula emudeceu

Ontem à noite, Lula passou mais de meia-hora lado a lado com Michel Temer durante a abertura da Conferência Nacional de Comunicação. Todos os peemedebistas esperavam que o presidente desse alguma explicação a Temer sobre sua declaração de quinta-feira passada, quando disse que o PMDB tinha de apresentar três nomes para Dilma Rousseff escolher seu vice. No entanto, Lula nada falou sobre o assunto e só tratou de amenidades.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Estresse na relação PMDB/PT

Caiu como uma bomba na cúpula do PMDB a afirmação de Lula hoje no Maranhão, sugerindo que o partido proponha uma lista tríplice para a escolha do candidato a vice-presidente. A frase de Lula foi sentida e entendida como um recado pelos peemedebistas.

Qual recado? Por algum motivo, Michel Temer não seria o favorito do trio Lula, Dilma e PT. Mais do que isso: a própria aliança preferencial do PT com o PMDB estaria sendo questionada. Ou, quem sabe, Lula quer impor uma nova correlação de forças nesta aliança.

Eis o que Lula falou aos repórteres sobre o assunto:

- O correto não é nem o PMDB impor um nome só. O correto é o PMDB discutir dentro do PMDB, indicar três nomes para a ministra Dilma para que ela possa escolher, porque isso é que nem casamento. Quem vai casar com o vice é a candidata, e você não pode empurrar pra ela alguém que não tem afinidade com ela porque aí será discórdia total.

Aliás, até hoje Michel Temer espera (sentado) por um telefonema de solidariedade de Lula e Dilma pelas denúncias que o envolveram na Operação Castelo de Areia e no escândalo Arruda.

Por Lauro Jardim

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados