Mauricio Lima Radar on-line

Radar on-line

Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Ernesto Neves e Pedro de Carvalho

sobre

O Radar publica informações exclusivas e bastidores de tudo o que for relevante. Da política à economia; do esporte à área cultural; do mundo dos negócios à segurança pública – tudo cabe neste espaço, desde que seja uma informação confiável e inédita.

Menos atribuições

Por: Robson Bonin

Caneta para o secretário

Com o nome constantemente na berlinda, Ana de Hollanda assinou na sexta-feira passada portaria para delegar ao secretário-executivo Vitor Ortiz e a outros dirigentes de órgãos vinculados à pasta a competência para autorizar a celebração e prorrogação de contratos e a concessão de despesas e passagens a servidores da pasta.

Pela portaria, Ortiz e outros dirigentes da Cultura não precisam mais da ministra para celebrar ou renovar contratos de até 10 milhões de reais. Ana tem ainda menos atribuições.

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

  1. Cezar Sales

    Creio que essa “ministra” ainda não caiu
    em virtude da imprensa estar lhe poupando.
    Chegará um momento em que isso não mais será
    possível e então…
    Essa Lei ROUANET nada mais é do que aquele
    mal que assola algumas pessoas em forma de
    calo, ou seja, JOANETE. Quem sofre diz que a
    dor é horrível.

  2. REVOLTADO

    ……. MANDEM LOGO ESTA PARASITA
    PARA O DIABO QUE A CARREGUE !
    CHEGA DE VAGABUNDOS COM BLINDAGEM !

  3. eder

    não fugindo do assunto….como ficou o caso da Bethania & cia?…conseguiram $$$$ público pra montar o tal do blog da poesia???… o assunto já morreu ou estão agindo na surdina?…all bull shit.

  4. reinaldo

    Atualmente basta ser mulher. Competencia? Ah, Brasil politicamente correto. ONDE ESTÃO OS HOMENS? O BRASIL ESTÁ VIRANDO O CLUBE DA LULUZINHA.

  5. Claudius,MS

    Mais uma ministra que amadureceu.. apodreceu e nao caiu do pé.
    só falta chacoalhar pra cair.
    e já vai tarde…

  6. Cicero Marinho da Silva

    Mirem-se no exemplo daquelas mulheres de Atenas
    Vivem pros seus maridos, orgulho e raça de Atenas
    Quando amadas, se perfumam
    Se banham com leite, se arrumam
    Suas melenas
    Quando fustigadas não choram
    Se ajoelham, pedem, imploram
    Mais duras penas
    Cadenas

  7. Ricardo

    Já passou da hora de cair,desabar ou implodir.

  8. Estado d direito,Já!



    e a turma, mais liberdade para fazer a farra…. no final, ela não sabe de nada….

  9. Rita

    Vergonha alheia!!

  10. maria-maria

    A desnecessária, agora, delegando as tra$ações à camarilha, pode dedicar-se a sua tarefa primordial: viajar no Rio com passagens e diárias polpudas pagas pelo contribuinte. Nunca se viu um ministério tão amplo e tão harmonioso: não há um único elemento nele que valha o que come.

  11. Neile

    O que será que o vencedor do “Jabuti” acha de tudo isso ?Provavelmente ,
    está chateado ,pois apoiou a presidentA e a irmãzinha virou ministra e agora……
    É gentalha que se aproveita do status quo!

  12. Mari Labbate *44 Milhões*

    Sugiro Carla Camuratti, para substituir a perigosa-insossa Ana de Hollanda. FORA, comunista-desonesta! ABAIXO A LEI ROUANET!