Blogs e Colunistas

sábado, 25 de fevereiro de 2012

6:51 \ Economia

Na mesa

Abílio pode ganhar a Via Varejo, dona de Ponto Frio e Casas Bahia

Um dos desfechos possíveis na negociação entre Abílio Diniz e o Casino pode dar ao brasileiro a Via Varejo (ex-Globex), que é dona do Ponto Frio e Casas Bahia. Por essa solução, Abílio sairia dos supermercados e levaria a maior rede de varejo de eletroeletrônicos do Brasil. Essa é, ressalte-se, uma das possibilidades que estão hoje na mesa; não a única.

Por Lauro Jardim

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

25 Comentários

  • Maria Jovelina

    -

    13/3/2013 às 21:28

    Comentário construtivo para a empresa , observar melhor o atendimento do Ponto Frio , pois a compra que efetuei só me deu transtorno , desculpe o desabafo , pois tento reclamar no SAC é bem difícil, gerencia que não atende com simpatia o cliente , não dá respaldo a compras. Desculpe o desabafo, acredito quando o Sr. estava no poder sozinho éramos melhor atendido. Isso é só um alerta. Fico Grata

  • flavio

    -

    24/3/2012 às 0:37

    so funcionario das casas bahia aqui do rio do deposito central aqui em caxias depois que veio ponto frio ficou horrivel o deposito casas bahia nao é uma empresa e sim uma familia ….. tomare que samuel klein pegue novamente as açoes … casas bahia é casas bahia ela não precisa se juntar con nimguem ….mas não precisa mesmo ….

  • jackson

    -

    2/3/2012 às 11:45

    Monopólio, com junção desta empresa, será que alguem pode entrar na briga de igual para igual? Como que os concorrentes vão poder fazer um preço igual se os fornecedores não querem perder estes clientes e faz de um tudo para agradar este grupo.

  • Carlos

    -

    26/2/2012 às 21:15

    E os Klein? Pelo que eu aiba ..a Via varejo tem 51% das Casas Bahia …Não controle total e tbém se eu não me engano o predidente da VIa Varejo é Rafael Klein .O Diniz pode ser presidente do conselho….

  • OBSERVADOR MINEIRO

    -

    26/2/2012 às 20:01

    INFELIZMENTE NO BRASIL NOSSOS TRIBUNAIS NÃO SÃO CEGOS E JULGAM CASOS E “CASOS”, O MENSALÃO CONFORME FOI DECLARADO PELO SAFADO INTITULADO TESOUREIRO, COMO VALORES NÃO CONTABILIZADOS, ISSO É OU NÃO SONEGAÇÃO E OS DIRIGENTES DO PARTIDO NÃO DEVERIAM RESPONDER COM SEUS BENS?…

  • Bener

    -

    26/2/2012 às 16:33

    Que fria. Que fria. Se tal acontecer, dançaremos!

  • hugo

    -

    26/2/2012 às 14:16

    ele VENDEU a empresa e tem que dar controle para os novos compradores! o que ele estsa fazendo é mau caratismo!

  • joão batista de souza

    -

    26/2/2012 às 13:02

    O cara vai perdendo folego, mas não entrega os pontos; quem, quem em sã consciência vai fazer negócio, entregando o seu patrimônio, com um sujeito que ao fim e ao cabo não cumpre o que foi contratado? O pessoal do Casino que o diga.

  • alexandre

    -

    26/2/2012 às 11:45

    voces tem ideia de quantos empregos este empresario que começou com uma padaria da, pra voces ter ideia o EIKE BATISTA que e taxado como um dos mais rico do mundo nao da nem 10% de emprego

  • LC

    -

    26/2/2012 às 10:24

    Tomara que o Casino fique também com as casas Bahia.
    O empresário françês parece ser muito mais sério que o Diniz.

  • Dirney Guedes

    -

    26/2/2012 às 10:22

    Pronto…a vaca foi para o brejo.Não existirá mais concorrência..

  • Vinog

    -

    26/2/2012 às 9:47

    Está precisando das casas BAHIA em minha cidade (Patos de MInas), para competir na concorrência dos magazines e das demais eletros. Vamos aguardar.

  • edmar

    -

    26/2/2012 às 9:21

    Sonny Burnett esse é o grande sonho dos grandes empresários; criar um monopólio e ter o consumidor literalmente em suas mãos;isso é degradante….

  • Luiz

    -

    26/2/2012 às 8:49

    Está acontecendo com o varejo o mesmo que acontece com os bancos. Não há concorrência. Cobram o que querem e tratam os clientes a ponta-pés.
    O CADE é para inglês ver. Demoram séculos para resolver um caso e sempre resolvem contra a população.
    Nos casos dos bancos a culpa é do banco central, que a cada dia acaba com um banco.
    Os incentivos vão sempre para os mesmos, o último foi o caso da privatização dos aeroportos, a compra será financiada pelo BNDS, concentrando portos, estradas, aeroportos na mão de poucas empresas e com o dinheiro público.
    Até hoje não entendi a venda das Casas Bahia para o Sr Abílio Diniz e acho que poucos entenderam.

  • Ricardo Pereira

    -

    26/2/2012 às 8:41

    Espero que com a saida deste Abilio Diniz do Pão de Açucar e do Extra os produtos caim de preços. Prefiro estrangeiros ganhado menos do que sendo roubado por esta corja de empresários brasileiros.

  • Sonny Burnett

    -

    26/2/2012 às 2:40

    E o CADE naõ faz nada? Daqui a pouco esse cara vai controlar o varejo inteiro, e nós consumidores ficaremos na mão dele.

  • paulo

    -

    26/2/2012 às 0:45

    brasileiro gosta muito de exaltar milionários que roubam seu dinheiro em vez de olhar para a sua própria situação e exigir de seus governantes mudanças concretas para o país.

  • Bárbara

    -

    26/2/2012 às 0:33

    Penso nós consumidores, vamos ganhar ou perder nessa operação?

  • jader d' avila

    -

    25/2/2012 às 22:02

    o pai dele começou como eletro radio brás. o abilio voltou ao começo.

  • Eloi

    -

    25/2/2012 às 22:02

    Sorte para os funcionários do Pão de açúcar e tristeza para os das Casas Bahia. Sinto pena dos que ainda trabalham na rede e não estão afastados por motivo de doença pelo INSS. Posso dizer isso sem sombra de dúvidas, pois me encontro nessa situação.

  • jose

    -

    25/2/2012 às 21:21

    mais dinheiro publico para ralo???????

  • lvza

    -

    25/2/2012 às 20:20

    diga-se de passagem na realidade as casas bahia são do Bradesco, ele que banca o carne de milhões de clientes. Sem um grande aporte casas bahia não é nada.

  • Paulo Magalhães

    -

    25/2/2012 às 18:44

    Duvido muito que o espertalhão vai sair do Pão de Açúcar. Se bobear, o Cassino fica com as Casas Bahia e vai brigar sozinho com os Kleins.

  • Neile

    -

    25/2/2012 às 18:02

    As Casas Bahia estão precisando urgentemente de uma nova direção.O serviço é péssimo.As lojas não atendem os telefones,o serviço SAC é pago e ainda por cima leva pelo menos 30´para você ser atendido,os emails são respondidos depois de 4 ou 5 dias e as informações são contraditórias.
    Que droga !

  • Hilton

    -

    25/2/2012 às 17:31

    Infelizmente, se assim for, esse senhor continuaria no mercado.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados