Blogs e Colunistas

segunda-feira, 9 de abril de 2012

18:23 \ Cultura

História musical

Martinho com incentivo

Uma produtora carioca foi autorizada pelo Ministério da Cultura a captar, via Lei Rouanet, 1,1 milhão de reais para produzir 3 000 CDs e DVDs abordando a história musical de Martinho da Vila. Os discos trarão sambas enredo compostos por Martinho para a Vila Isabel e para a Aprendizes da Boca do Mato. A gravação do especial vai ocorrer a partir de cinco shows de Martinho em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Por Lauro Jardim

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

12 Comentários

  • Manuel Augusto

    -

    5/6/2012 às 14:44

    Quando falo “RAÇA” , não estou me referindo a cor, estou me referindo a “raça de artistas”, tanto brancos como negros. Para não haver nenhuma associaçao do meu conetário anterior com racismo.

  • Manuel Augusto

    -

    5/6/2012 às 14:39

    O POVO brasileiro tem que acordar, temos que fazer como varios países da américa latina, dar um BASTA !! há tanta imoralidade, esses “artistas” brasileiros são na verade uma quadrilha de sanguessugas, aproveitadores, milionários que enchem os bolsos com o dinheiro NOSSO!!
    Chega de tanta pouca vergonha, não sei como eles podem ver as atrocidades que ocorrem na SAÚDE do país e ainda a sim receberem esse dinheiro com a maior cara limpa. Realmente sinto nojo, dessa raça

  • rocha

    -

    10/4/2012 às 16:18

    Essa foto aí em cima merece um balãozinho com a seguinte frase:
    “Aí,malandragem,vou faturar em cima dos cinco shows e depois morder mais de um milhão,numa boa,só tomando cerveja e rindo de vocês,seus manés proletariados.
    Essa lei rouanet é o bicho,é prá fomentar as fortunas de artistas milionários como eu.Falô!TÔ nessa!”

  • Cicero Marinho da Silva

    -

    10/4/2012 às 11:10

    Ah tá!
    O por cota desse um milhão o disco e o DVD serão dados para pessoas pobres que não podem pagar caro pelos mesmos.
    PQP! E o pessoal de Teresópolis sofrendo com as chuvas e sem grana do governo.

  • Rodolfo

    -

    10/4/2012 às 9:13

    VERGONHA! Quantos HOSPITAIS, ESCOLAS, ESTRADAS… poderiam ser construídas com o dinheiro dessa LEI ROUANET?
    A classe artística brasileira, além de ser um LIXO, é totalmente INÚTIL e SEM VALORES MORAIS e ÉTICOS algum!
    Diziam lutar por democracia, mas lutavam mesmo é por uma boa MAMATA e por DINHEIRO PÚBLICO! CRETINOS!

  • Claudia

    -

    10/4/2012 às 0:09

    Não precisa esbanjar dinheiro para gravar UMA música do Martinho da Vila. Digo UMA, porque são todas iguais!

  • luiz

    -

    9/4/2012 às 21:21

    1,1 milhão de reais aplicados em que mesmo? História musical ou estória
    musical?
    Fala sério, não brinque comigo. Tanta coisa a se fazer neste país e tanto dinheiro desviado para inutilidades. Eu pago uma cachoeira de impostos e sou obrigado a ver isso. Meus Deus do Céu, até quando?

  • roberto

    -

    9/4/2012 às 19:57

    Como todo bom “cumunista” ele gosta mesmo é de dinheiro público. Quando encontro um “cumunista” sempre me vem a vontade de perguntar qual a linha que o mesmo prefere: A chinesa,a cubana ou a albanesa?

  • Tico Tico

    -

    9/4/2012 às 19:53

    Trash!

  • Odeiopangaré

    -

    9/4/2012 às 19:40

    Ah!!!!! que ótimo, agora tudo ficará melhor. Viva a manguaça.

  • Podrespoderes

    -

    9/4/2012 às 19:25

    Não existe no mundo comunista pra gostar mais de dinheiro do que comuni$ta bra$ileiro.

  • raddad o BONECÃO do ENEM

    -

    9/4/2012 às 18:57

    … Mais um COMUNISTA que vive nas sombras do CAPITALISMO……..

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados