Blogs e Colunistas

quinta-feira, 15 de julho de 2010

18:41 \ Brasil

Seis propostas pelo Maracanã

Sobraram seis propostas na licitação do governo do Rio de Janeiro para reformar o Maracanã. A OAS e mais cinco consórcios estão na disputa pela maior obra da Copa de 2014, orçada em 720 milhões de reais.

Odebrecht, Delta e Andrade Gutierrez se aliaram e despontam como fortes candidatas, assim como a parceria formada por Queiroz Galvão, Carioca Christiani Nielsen Engenharia. Correm por fora no leilão os consórcios formados por Construcap, Cetenco e Convap; Paulitec, Estacom Engenharia e Recoma; e Sane-Rio, Hexagonal Construções e BA Meio Ambiente.

Por Lauro Jardim

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

7 Comentários

  1. Alberto

    -

    16/07/2010 às 16:50

    Viva a Copa!!! Viva as Olimpíadas!!! Isso é o que importa!!! Enquanto isso tem criança morrendo de bala perdida no Rio… o que não importa para ninguém.

  2. Pedro Couto

    -

    16/07/2010 às 15:38

    Quanto ao Tema Estádio de futebol e exigências da FIFA. Ja estou até o gargalo. Não é possivel assistir a tudo o que esta acontecendo e niguem falar nada. A FIFA só falta mandar no Presidente da Republica, se não está mandando! Fazendo e desfazendo, como se nosso País fosse casa de maria Joana. Depois do Veto do Morumbi, que só pode ser vingança do presdente da CBF. já comecei a torcer conta em tudo que for relacionado a tal evento de 2014.

  3. rubens

    -

    16/07/2010 às 8:59

    meu caro cassiano, e ainda vai ser reformando para olimpiadas…..

  4. Antonio Fernandes

    -

    16/07/2010 às 1:42

    Quem vai pagar a conta?

  5. anonimo

    -

    15/07/2010 às 22:02

    Po nenhuma construtora estrangeira? Elas não tem condições de competir ou existe reserva de mercado?

  6. Cassiano Kleinert Casagrande

    -

    15/07/2010 às 21:27

    Reformar?? Ele ja nao havia sido reformado faz menos de 5 anos para o Pan??

  7. Rodolfo

    -

    15/07/2010 às 21:11

    Imagina se a Andrade Gutierrez-Oi-Gamecorp-Lullinha vai perder mais essa TRETA…..

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados