Blogs e Colunistas

quinta-feira, 24 de julho de 2014

13:28 \ Governo

Presidência da República pretende gastar 94 000 reais para renovar o estoque de remédios dos palácios do Planalto, Alvorada e da Granja do Torto

Nova tentativa

Nova tentativa

Não faltará remédio para curar as dores de cabeça nas residências oficiais e no lugar de trabalho de Dilma Rousseff. A Presidência da República decidiu renovar o estoque farmacêutico do Palácio do Planalto, da Granja do Torto e do Palácio da Alvorada.

O pregão eletrônico, agendado para quinta-feira da semana que vem, prevê a compra de 163 itens dos mais variados medicamentos. A presidência está disposta a desembolsar até 94 000 reais ao à empresa vencedora da licitação.

Por Lauro Jardim
12:03 \ Futebol

Zidane vem ao Brasil

O carrasco agora nos ajuda

Zidane: embaixador da Danone

Eterno carrasco da seleção, Zinedine Zidane vai desembarcar no Brasil em novembro. O ex-craque francês é embaixador da Copa das Nações da Danone, disputada por jogadores de 10 a 12 anos, cuja fase final será disputada por 32 seleções em São Paulo.

Cafu, que sofreu com Zidane em duas Copas do Mundo, também vai participar do campeonato. Em agosto, o capitão do penta entregará a taça ao time brasileiro que, depois, irá representar o Brasil na fase internacional do torneio. Estão na disputa seis times, entre os quais Cruzeiro e Internacional.

Por Lauro Jardim

Lula e Lindbergh

Ao menos, um cabo eleitoral

Ao menos, um cabo eleitoral

Abandonado por Dilma Rousseff, Lindbergh Farias ainda tem onde se agarrar.

Lula tem repetido aos seus interlocutores próximos que trabalhará intensamente para elegê-lo ao governo do Rio de Janeiro, apesar das pesquisas que mostram Lindbergh atrás de Anthony Garotinho, Marcelo Crivella e Luiz Fernando Pezão.

A propósito, Lindbergh encontra Lula amanhã em São Paulo para debater sua participação na campanha no Rio de Janeiro.

Por Lauro Jardim
9:02 \ Brasil

Mais um empréstimo

Cemig: uma das distribuidoras que recorreram ao emp´restimo

Cemig: uma das distribuidoras que recorreram ao empréstimo

O governo, como se sabe, prepara um novo socorro às distribuidoras de energia, depois que os 11,2 bilhões de reais emprestados ao longo do primeiro semestre já se foram.

Serão 6,5 bilhões de reais, que não se sabe até quando bastarão: 3,5 bilhões de reais da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) através de um novo empréstimo de um pool de bancos – como o anterior de 11,2 bilhões de reais – e os outros 3,0 bilhões do sempre a postos BNDES.

Como esse novo empréstimo, o total já repassado e a repassar para as distribuidoras alcança a fenomenal soma de 18,9 bilhões de reais.

Por Lauro Jardim
7:38 \ Congresso

Só assim

Inconformado com o Planalto

Informado pelo presidente do TCU

O presidente da CPI mista da Petrobras, Vital do Rêgo, chegou à sessão de ontem sabendo que o secretário de Controle Externo do Tribunal de Contas da União (TCU), Osvaldo Perrout, só falaria ao colegiado numa reunião fechada.

O presidente do TCU, Augusto Nardes, antecipou a surpresa: ligou para Vital do Rêgo anteontem, informando as condições para seu funcionário prestar o depoimento.

Nardes quis evitar desgastes com a Petrobras, já que a apuração dos negócios da companhia, sobre o qual Perrout foi convidado a dar informações, corre em segredo de Justiça.

Por Lauro Jardim
7:32 \ Televisão

Novas funções

Bial: nova função

Bial: nova função

Pedro Bial está participando de uma espécie de conselho na Globo para adaptar obras literárias para a TV.

Nesta semana, a Globo anunciou que Geraldo Carneiro trabalha na adaptação de contos de Machado de Assis. A obra do escritor servirá de base para quatro episódios curtos e irá ao ar no Fantástico.

Por Lauro Jardim
6:04 \ Economia

Números ruins

Plataforma de petróleo: pouca produção, muita importação

Plataforma de petróleo: pouca produção, muita importação

A conta-petróleo do Brasil (ou seja, as exportações de petróleo, derivados e gás natural menos as importações) até a terceira semana de junho está encostando nos 10 bilhões de dólares. Precisamente, é de 9,961 bilhões de dólares.
Por Lauro Jardim

quarta-feira, 23 de julho de 2014

20:22 \ Partidos

Mais um

partido nvo

Exigências do TSE atendidas

O Partido Novo, que em seu programa defende o ‘livre mercado, visão de longo prazo e liberdades individuais com responsabilidade’, conseguiu preencher as exigências legais, entre elas a coleta de meio milhão de assinaturas de apoio. Pediu hoje no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o registro de partido político.

Por Lauro Jardim
20:03 \ Governo

Data marcada

De olho no aumento da concorrência

Reunião com Dilma

Dilma Rousseff tem mais munição para tentar reverter o mau humor do empresariado com a campanha petista.

Em reunião com Afif Domingos hoje no Palácio do Planalto, Dilma se comprometeu a sancionar no dia 7, às 10 horas, a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, que estenderá o regime de tributação simplificada a novos setores, cujos faturamentos sejam de até 3,6 milhões de reais por ano.

Por Lauro Jardim

O time peemedebista

Cirurgia

Na linha de frente

A reunião de Dilma Rousseff com os presidentes dos partidos da base aliada, ontem à noite no Palácio Alvorada, acertou que cada sigla elencará três ou quatro representantes para participarem de futuros encontros.

O PMDB já escolheu os seus. Além de Michel Temer, ficarão na linha de frente Valdir Raupp, Eliseu Padilha e o notório Jader Barbalho.

Por Lauro Jardim
18:22 \ Governo

O alívio de Mercadante

Mercadante: chefe da Casa Civil de fato

Mercadante: todo contente

Aloizio Mercadante não esconde o alívio hoje. O motivo: o resultado da pesquisa do Ibope, divulgada ontem.

Nem tanto pelas prospecções de primeiro turno, que mostraram números bem semelhantes aos do Datafolha, veiculados na semana passada.

No confronto com Aécio Neves, segundo o Ibope, Dilma venceria por 41% a 33%. A margem dá alguma folga aos petistas em comparação aos dados do Datafolha, que apontaram Dilma com 44% e Aécio, 41%.

Com quem falou hoje Mercadante comemorou o resultado. Não por acaso. As últimas horas antes de vir a público o último Ibope foram de alta tensão no Palácio do Planalto.

Mercadante e a cúpula da campanha de Dilma temiam uma nova pesquisa mostrando Dilma e Aécio colados num eventual segundo turno.

Por Lauro Jardim
16:29 \ Economia

Haja termelétricas

Um quarto da energia do país via termelétrica

46% da energia do Nordeste via usinas térmicas

Foi batido ontem o recorde histórico de acionamento de usinas térmicas no Nordeste, de acordo com dados do governo.

Foram acionados 4 396 megawatts médios, o que representa impressionantes 46% de toda a energia consumida na região.

Haja bilhões de reais para cobrir toda essa lambança.

Por Lauro Jardim
15:04 \ Congresso

Nada mudou

Encontro fortuito

Ainda enrolado no Conselho de Ética

Luiz Argôlo apresentou sua defesa prévia ao Conselho de Ética na semana passada: tentou desqualificar as provas de suas relações íntimas com Alberto Youssef, argumentando que houve vazamento ilegal das informações e etc.

Beleza, mas o que pensa Marcos Rogério, relator do caso Argôlo-Youssef no colegiado? Objetivamente, o trabalho da defesa não alterou um milímetro das convicções de Rogério, como diz o próprio:

- Não apresentou nada de novo e não enfrentou o mérito das denúncias. Pode até ser que, após o depoimento das testemunhas, e a sustentação apresente argumentos, mas, por enquanto, nada.

Por Lauro Jardim
13:34 \ Economia

2,4 milhões de lucro

moedas

Sucesso de vendas

Apesar do vexame da seleção em campo, o Banco Central comemora a venda de 91% das 165 000 moedas comemorativas lançadas para a Copa do Mundo.

As 150 150 moedas vendidas desde janeiro renderam 13,3 milhões de reais ao Banco Central, que havia gasto 10,9 milhões de reais para produzir e distribuí-las. O lucro de 2,4 milhões de reais foi revertido ao Tesouro Nacional e vai compor o superávit primário.

O saldo ainda pode aumentar, já que as moedas ainda estão à venda. É a chance para Felipão e seus comandados, que não conquistaram sequer medalhas de bronze na Copa, garantirem suas lembranças do mundial do Brasil.

Por Lauro Jardim

Temer no programa

Presente para o vice

Gravando para a aliada

João Santana ligou para Michel Temer ontem e o convidou a gravar para o programa eleitoral de Dilma Rousseff. Temer, obviamente, deu o “ok” e entrará no estúdio na semana que vem.

Por Lauro Jardim
10:31 \ Economia

Na esteira da Copa

Mais passageiros

Movimento impulsionado pela Copa

A Anac divulgará hoje os dados de oferta e demanda de passageiros de voos domésticos, referentes a junho e ao primeiro semestre deste ano.

No mês passado, em meio à Copa do Mundo, 7,1 milhões de pessoas embarcaram nos aviões das companhias que ligam as cidades brasileiras. O total é 0,5% maior do que o registrado em junho de 2013.

Já taxa de ocupação em junho bateu o recorde mensal dos últimos dez anos. Na esteira da Copa, 78,4% dos assentos disponíveis foram vendidos.

Entre janeiro e junho deste ano, 45 milhões de passageiros decolaram em voos dentro do território nacional – 6,5% de crescimento em comparação ao mesmo período do ano passado.

Por Lauro Jardim
9:02 \ Brasil

Manifestante de carteirinha

rebeca

‘Regularmente filiada’ ao PT (clique para aumentar)

Um dos 23 presos na semana passada no Rio de Janeiro por colaborar com manifestações violentas engrossa as fileiras de filiados do PT fluminense. Rebeca Martins de Souza, acusada de ceder um carro a algumas das ações violentas, é filiada ao partido desde janeiro de 2007, como informa o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O PT saiu em defesa dos manifestantes na semana passada. Uma nota de repúdio assinada por Rui Falcão dizia:

– A prisão de ativistas no Rio de Janeiro, com o suposto propósito de impedir a participação em protestos de rua no último final de semana, é uma grave violação de direitos e das liberdades democráticas.

Por Lauro Jardim
7:28 \ Televisão

Comemorando um ano

O símbolo do MOVA

O símbolo do MOVA

O movimento criado por Antonio Fagundes para reivindicar melhores condições de trabalho na Globo completou – e comemorou com festa – um ano de criação na segunda-feira. O Movimento de Artistas e Atores (MOVA) já tem oitenta artistas e um símbolo (Leia mais aqui e aqui).

Por Lauro Jardim

Briga sem fim

Janira e o pastor

Janira e o pastor

O PSOL fluminense pediu esta semana a impugnação da candidatura do pastor Jefferson Barros – uma novela interminável que teve início em junho (Leia mais aqui).

O Diretório Nacional foi favorável a candidatura de Barros, medida esta que desagradou a cúpula do partido no Rio (leia-se Jean Wyllys e Chico Alencar). A dupla de parlamentares é contra a candidatura porque considera que o pastor foi infiltrado no PSOL por Silas Malafaia para tumultuar as eleições.

Barros fez o registro da sua candidatura autonomamente e agora o partido no Rio tenta, mais uma vez, tira-lo das urnas.

Por Lauro Jardim

terça-feira, 22 de julho de 2014

19:02 \ Congresso

Ao menos um

No alvo

Testemunha confirmada

Enfim, uma testemunha convidada pela defesa de André Vargas confirmou presença no Conselho de Ética da Câmara. O capitão de Fragata da Marinha Paulo Ricardo de Souza e Souza vai depor em na quinta-feira, às 11 horas.

Agora, será que ao menos o relator do processo no colegiado, Julio Delgado, sabe dizer qual é a importância do oficial da Marinha para o caso envolvendo André Vargas e Alberto Youssef?

Diz Julio Delgado:

- Não faço a menor ideia.

Por Lauro Jardim
17:03 \ Judiciário

Sem distinção

aécio e campos

Entre os convidados

Em tempos de guerra eleitoral, convém a quem assume postos públicos tomar cuidado com as escolhas. Francisco Falcão, futuro presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), sabe disso como ninguém.

A lista de convidados da posse de Falcão, que acontecerá no início de setembro, sequer está fechada, mas três nomes já figuram na relação: Aécio Neves, Eduardo Campos e, óbvio, Dilma Rousseff.

Agora, qual deles vai marcar presença depois de receber o convite são outros quinhentos.

Por Lauro Jardim
15:33 \ Esportes

Vem aí o overlay olímpico

Os Jogos vem aí

Quem paga a conta do overlay?

Terminada a Copa do Mundo, o gerente de Arenas do COL, Carlos De La Corte, parte para a organização da Olimpíada de 2016.

Até o ano que vem, De La Corte fará todo o planejamento da contratação das estruturas temporárias para os Jogos. Na Copa, custou cerca de 600 milhões de reais nas doze sedes. Na Olimpíada, o número deverá ser maior. Quem paga? Ninguém sabe, ainda.

Por Lauro Jardim

Eu vou

cabral lindbergh

Está valendo tudo

Dilma Rousseff precisará montar suas visitas ao Rio de Janeiro atenta para não ferir suscetibilidades dos quatro candidatos ao governo estadual que integram a base aliada – Lindbergh Farias, Luiz Fernando Pezão, Anthony Garotinho e Marcelo Crivella.

Até agora, não há nada previsto, para agonia dos políticos fluminenses em campanha.

Mas Lindbergh não quer nem saber. Quando Dilma for ao Rio e convidá-lo para estar junto, Lindbergh irá, mesmo se tiver que dividir palanque e a atenção da correligionária com Pezão e os demais adversários.

Por Lauro Jardim
12:25 \ Televisão

“Império” estreia mal

"Império": estreia abaixo do esperado

“Império”: estreia abaixo do esperado

Foi ruim a estreia de Império ontem, prometida ao mercado publicitário como a novela que vai elevar o patamar de audiência da Globo no horário nobre.

Em São Paulo, a média segundo o Ibope foi de 32 pontos. O número representa a pior audiência da história de um primeiro capítulo de novela das nove. Abaixo as últimas cinco estreias:

Em Família – 33 pontos
Amor À Vida – 35 pontos
Salve Jorge – 35 pontos
Avenida Brasil – 37 pontos
Fina Estampa – 41 pontos

No Rio, onde normalmente os índices são melhores, o Ibope também foi baixo para uma novela das nove (34 pontos).

Por Lauro Jardim

Negócios de sucesso

Patrimônio quatro vezes maior

Patrimônio quatro vezes maior

O último quadriênio foi incrível para o deputado petista Vicente Cândido, um dos representantes da bancada da bola, como são conhecidas as excelências da Câmara ligadas à alta cartolagem.

Em 2010, Cândido declarou à Justiça Eleitoral bens que somavam 522 987 reais. Agora candidato à reeleição, Cândido informou ao TSE um patrimônio quatro vezes maior: 2,1 milhões de reais.

Os negócios de Vicente Cândido, que é sócio do futuro presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, num escritório de advocacia, viveram tempos de prosperidade no período.

De acordo com o próprio, seu enriquecimento é resultado dos lucros de suas empresas e da valorização de um apartamento, que valia cerca 120 000 reais e hoje estaria cotado a 520 000 reais.

Por Lauro Jardim
10:31 \ Internacional

Os segredos de Amorim

Amorim: documentos entregues

Amorim: documentos entregues

Celso Amorim e Moreira Franco entregaram para a Fundação Getúlio Vargas um calhamaço de documentos que trata da trajetória de ambos nos governos Dilma Rousseff e Lula. No caso de Amorim, a papelada só pode tornar-se pública quinze anos depois da sua morte.

Por Lauro Jardim

Brinquedinhos marítimos

Marqueteiro fechado

Dono de três lanchas

Se nada der certo para o PMDB e Flávio Dino vencer a eleição ao governo do Maranhão, Edison Lobão tem mais de uma alternativa para esfriar a cabeça.

Lobão Filho declarou à Justiça Eleitoral três lanchas, entre seu patrimônio de 9,8 milhões de reais.

Um dos brinquedinhos tem 7,9 metros e vale 97 450 reais. Lobão Filho informou ainda ser proprietário de 50% de outras duas embarcações: uma Sixstar One (290 000 reais) e uma lancha esporte (10 000 reais).

Por Lauro Jardim
7:32 \ Judiciário

O telhado de Boris Casoy

Guerra na Justiça

Guerra na Justiça

Boris Casoy anda numa guerra judicial com a loja Salão de Noivas, especializada em roupas de casamento. A batalha acabar de bater a porta dos ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Os donos do estabelecimento alugaram um imóvel de Boris Casoy em São Paulo. O contrato, assinado em 2007, vale por 54 meses. O problema começou por cima, no telhado.

Pelo acordo, os locatários se comprometiam a fazer uma obra no imóvel, quando descobriram uma infiltração no telhado.

Os donos do Salão da Noiva e Boris Casoy não conseguem chegar a um acordo definitivo sobre quem assumirá o conserto e o valor da benfeitoria.

Os locatários acusam Casoy nunca ter executado a obra que se comprometeu a fazer no passado. Sem conseguir abrir as portas da loja, os donos pedem indenização de 1,3 milhão de reais.

Numa das petições, os advogados do Salão de Noiva provocam, usando o jargão do adversário:

- É uma vergonha o réu, pessoa esclarecida, jornalista conceituado, com muitos anos de profissão, deixar o imóvel em estado catastrófico, enrolar dia após dia a empresa autora.

A defesa de Casoy contra-argumenta que o cliente concedeu um desconto no aluguel superior ao valor do conserto e que tentou entregar as telhas diversas vezes, mas teria sido enrolado pelos donos do Salão da Noiva.

Até agora, a Justiça não concordou com o montante pedido pelos locatários.

O Tribunal de Justiça de São Paulo manteve a decisão do juiz de primeira instância, que autorizou o Salão da Noiva a reparar o telhado, obrigando Boris Casoy a desembolsar indenização de 48 000 reais.

O Salão de Noiva considera o valor baixo e acaba de recorrer ao STJ. Passado o recesso do judiciário, os ministros decidirão se o tema é da alçada do tribunal.

Por Lauro Jardim

“Edualdo” em São Paulo

"Edualdo": mistura de Eduardo com Geraldo

“Edualdo”: mistura de Eduardo com Geraldo

As campanhas de Eduardo Campos e Geraldo Alckmin lançam a partir de hoje três comitês conjuntos de PSB e PSDB – ao todo, serão 37 em São Paulo.

O material de campanha terá sempre Campos, Alckmin e Márcio França. Folhetos com Marina Silva só se forem feitos por deputados estaduais ou federais. As campanhas majoritárias de Campos e Alckmin não querem criar constrangimento com Marina.

Por Lauro Jardim

segunda-feira, 21 de julho de 2014

20:03 \ Internet

Está onde?

crivella

A gafe de Crivella (clique para aumentar)

Se Marcelo Crivella dependesse da noção geográfica de quem opera seu Twitter, poderia se confundir em suas andanças de campanha.

Na sexta-feira, o candidato ao governo do Rio de Janeiro foi a Campo Grande, Zona Oeste da capital fluminense. Pois a rede social de Crivella não teve dúvidas: localizou – equivocadamente – o bairro na Baixada Fluminense:

– Agora Crivella está em Campo Grande. A Baixada merece atenção especial, em vez de tanta indiferença!

Por Lauro Jardim
 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados