Blogs e Colunistas

quarta-feira, 1 de abril de 2015

19:28 \ Judiciário

Defesa apática

Francenildo: advogados da Caixa não o defenderam

Francenildo: advogados da Caixa não a defenderam

No julgamento do caso do caseiro Francenildo dos Santos Costa contra a Caixa Econômica, na semana passada, em Brasília, chamou a atenção dos desembargadores do Tribunal Regional Federal a falta de empenho dos advogados da estatal.

Sequer fizeram a sustentação oral em defesa do banco.

No entanto, avalia um desembargador, a Caixa deve apresentar um recurso especial ao STJ, prolongando ainda mais o caso.

Por Lauro Jardim
18:21 \ Governo

A defesa de Pezão

Pezão: ampliando a base

Cunhado de Pezão vai defendê-lo

Luiz Fernando Pezão escolheu Flavio Horta, irmão de sua mulher Maria Lucia Horta Jardim, para defendê-lo das acusações na operação Lava-Jato.

Por Lauro Jardim
18:03 \ Diversos

Rock in Rio e o Procon

rock in rio

Estrutura maior em 2015

Os organizadores do Rock in Rio e o Procon Carioca assinaram ontem um termo de compromisso para a edição deste ano do festival (leia mais aqui). Ficou combinado que quem comprar ingressos para os shows vai poder levar seu próprio lanche e deverá ter o dinheiro devolvido imediatamente, em caso de desistência.

Além disso, a estrutura do Rock in Rio 2015 terá uma empresa especializada para cuidar dos banheiros, o triplo de bebedouros em relação à última edição, em 2013, e o dobro de ambulâncias, médicos, paramédicos e banheiros acessíveis a cadeirantes. Os organizadores também prometeram filas menores e que as inspeções em bolsas e mochilas não serão “vexatórias ou humilhantes”.

Por Lauro Jardim
17:08 \ Televisão

Não é bem assim

babilônia

A cena que provocou o boicote

A audiência do capítulo de ontem de Babilônia mostra que o boicote evangélico à novela da Globo (leia mais aqui) não é tão efetivo quanto Silas Malafaia, Marco Feliciano e João Campos gostariam.

Na cidade do Rio de Janeiro, onde 23,3% da população se declararam evangélicos ao Censo de 2010, Babilônia alcançou 34 pontos no Ibope, número condizente com o horário nobre da Globo. Em São Paulo capital, cuja população evangélica corresponde a 22,1% do total, o folhetim de Gilberto Braga alcançou 25 pontos de audiência.

Por Lauro Jardim
17:01 \ Governo

Fora da sala de aula

Edinho: carga horária era incompatível

Edinho: carga horária era incompatível

Edinho Silva conversou hoje com Eduardo Storópoli, reitor da Universidade Nove de Julho (Uninove), onde ele lecionava, para dizer que não poderá assumir a carga horária com que havia se comprometido antes do convite para assumir a Secom.

Mas Edinho vai fazer uma consulta jurídica ao governo para saber se pode manter alguma atividade de coordenação na Uninove, que o faça viajar apenas quinzenalmente ou mensalmente a São Paulo.

A ideia do ministro, ao deixar a Assembleia Legislativa de São Paulo, há um mês, era trabalhar todos os dias na universidade.

Por Lauro Jardim
16:19 \ Judiciário

Contra Cunha

Coelho no STF seria derrota para Cunha

Coelho no STF seria derrota para Cunha

A escolha de Marcos Vinícius Furtado Coelho, presidente da OAB, para a vaga aberta no STF, significaria uma baita derrota para Eduardo Cunha.

Não é que Cunha não goste da OAB. Ele a odeia.

O ódio pela ordem começou na gestão de Ophir Cavalcanti, quando o então presidente da OAB criticou publicamente a escolha de um economista, como Cunha, para relatar o futuro Código de Processo Civil. Após as críticas, Paulo Teixeira, advogado, assumiu a relatoria.

Desde aquele episódio, Cunha abraçou o movimento do bacharelado, que contesta a exigência do exame da ordem para exercer a advocacia.

Mas, recentemente, Cunha confessou a aliados que a bandeira rendeu tantos votos que agora ele apoia o fim do exame também por interesse eleitoral.

Por Lauro Jardim
15:32 \ Futebol

O filme do São Paulo

spfc

São Paulo: filme aos 85 anos

Na esteira da tendência de filmes sobre a história de clubes de futebol, vem aí um documentário sobre o São Paulo. Chamado de São Paulo Futebol Clube – 85 anos de história, o projeto foi aprovado na Ancine e poderá captar 1,4 milhão de reais.

Por Lauro Jardim
15:22 \ Cultura

Dois em um

LOGO-OBJETIVA-OK-JPG

Um estande para Objetiva e Companhia das Letras

Além da saída de Roberto Feith da direção editorial da Objetiva, anunciada na semana passada, eis mais um indicador que a editora será cada vez mais um apêndice da Companhia das Letras: neste ano, a Bienal do Livro do Rio de Janeiro, que será realizada em setembro, não contará com estandes para as duas editoras. Será apenas um estande a abrigar Companhia das Letras e Objetiva.

Por Lauro Jardim
14:26 \ Economia

Onde está o dinheiro?

mauro campos

Postalis investiu no Rio Nave, de Mauro Campos

Entre as perdas que estão sendo investigadas por Previc e CVM no Postalis, o fundo de pensão dos Correios, está um investimento de 70 milhões de reais no fundo Rio Nave (administrado pela Diamond) que o empresário Mauro Campos constituiu para tentar comprar o falido estaleiro Caneco.

Por Lauro Jardim
14:21 \ Diversos

Biometria na maternidade

p

Tecnologia contra sequestros e trocas nas maternidades

No que depender da deputada estadual Daniele Guerreiro (PMDB), as pulseiras de identificação em recém-nascidos estão com os dias contados no Rio de Janeiro. Daniele elaborou um projeto de lei que propõe a identificação biométrica das crianças logo depois do nascimento.

Além de acabar com os riscos de sequestros e trocas, a ideia da deputada é aumentar o número de dados que ajudem na apuração de eventuais abandonos pelos pais. O projeto da deputada começou a tramitar há duas semanas em seis comissões da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Por Lauro Jardim
14:02 \ Congresso

Mudança na cobrança

Kassab e Lopes: acerto na comissão de Desenvolvimento Urbano

Kassab e Lopes: acerto na comissão de Desenvolvimento Urbano

Gilberto Kassab comprometeu-se com Júlio Lopes, presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara, a discutir com Nelson Barbosa e Joaquim Levy uma mudança na cobrança do PIS/Cofins das empresas de saneamento.

A proposta das empresas de saneamento, defendida por Lopes, é que elas só paguem o PIS/Cofins referente ao valor de obras que já receberam. Hoje, as empresas são obrigadas a pagar os impostos antes de receber dos governos.

Por Lauro Jardim
13:39 \ Economia

A derrocada da Eletrobras

eletrobras

Ações ordinárias desvalorizaram 53%

Desde 11 de setembro de 2012, quando foi editada – com muita fanfarra – a medida provisória que alterou o sistemas de concessão do setor elétrico e reduziu (de forma eleitoreira) as tarifas, as ações da Eletrobras desabaram.

Aos números:

* As ações preferenciais valiam 18,64 reais no dia da edição da MP e no fechamento do pregão de ontem valiam somente 6,80 reais -uma perda de 63,5%.

*As ações ordinárias valiam 12,28 reais no dia 11 de setembro de 2012 e no fechamento do pregão de ontem valiam 5,76 reais, uma queda de 53,1%.

A propósito, pior do que o desempenho da Eletrobras só a ação ordinária da Petrobras que ontem valia 9,58 reais, ou seja, perdeu 67,4% desde o dia 27 de setembro de 2010, data da “maior capitalização já realizada em todos os tempos” feita na gestão de José Gabrielli.

Por Lauro Jardim
12:23 \ Partidos

Parceria PSOL-Malafaia

Daciolo: apoiado por Sóstenes

Daciolo: apoiado por Sóstenes

Cabo Daciolo, o deputado suspenso pelo PSOL por apresentar uma proposta para mudar a Constituição e dizer que o poder emana de Deus e não do povo, está unha e carne com Sóstenes Cavalcante, o afilhado de Silas Malafaia na Câmara dos Deputados.

Ontem, quando os deputados se despediam do feriado de Páscoa, Daciolo passou por Sóstenes e agradeceu pelo apoio. Ouviu do irmão de fé o incentivo:

- Vai pra cima do PSOL. Não deixa barato.

O incentivo era um complemento à ajuda que, mais cedo, Sóstenes havia dado, ao apresentar a Daciolo um advogado para orientá-lo juridicamente a como conduzir sua saída do PSOL. A estratégia é importante para que, aos olhos da Justiça eleitoral, o bombeiro possa dizer que foi perseguido pelo partido e não corra o risco de perder o mandato ao deixar a legenda.

Sóstenes, que já o convidou a ingressar no PSD, aconselhou Daciolo a insistir em suas diferenças religiosas com os demais integrantes do PSOL, o que pode levá-lo a dizer que se trata de perseguição à liberdade religiosa.

Por Lauro Jardim
11:27 \ Brasil

Mazzillo & Barusco

Mazzillo: advogado de Barusco

Mazzillo: advogado de Barusco

O notório advogado carioca Sérgio Mazzillo, que aparece hoje na lista do Swissleaks, com cerca 3,7 milhões de dólares em depósitos, é um dos advogados de Pedro Barusco – o homem dos 100 milhões de dólares roubados – no enrosco da Lava-Jato.

Por Lauro Jardim
10:24 \ Televisão

O Ibope reage

Concorrência na medição de audiência

Concorrência na medição de audiência

O Ibope, que desde setembro já vem aferindo a audiência da programação gravada e assistida posteriormente no Rio de Janeiro e em São Paulo, estende a partir de hoje o serviço para as outras treze praças (Grande Belém, Grande Belo Horizonte, Grande Campinas, Grande Curitiba, Distrito Federal, Grande Florianópolis, Grande Fortaleza, Grande Goiânia, Grande Porto Alegre, Grande Recife, Grande Salvador, Grande Vitória e Manaus).

Trata-se de uma ação preventiva. Dentro de um mês, a alemã GfK começa a concorrer com o Ibope e prometeu oferecer este serviço.

Por Lauro Jardim
10:23 \ Partidos

Dois motivos

Sarney evita isolamento

Sarney evita isolamento

A presença de José Sarney em cerimônias do Palácio do Planalto, repetida ontem na posse de Edinho Silva na Secom, será uma constante. Os convites a Sarney atendem a dois objetivos.

Primeiro, tiram o ex-presidente do isolamento da falta de mandato e criam um novo canal de interlocução junto ao PMDB.

Além disso, os convites fazem uso das décadas de Sarney no Senado para tentar esconder a saia justa por não haver mais nenhum chefe do Poder Legislativo numa cerimônia palaciana.

Desde que o STF autorizou a abertura de inquérito contra ambos na Lava-Jato, Renan Calheiros e Eduardo Cunha não pisaram mais no Planalto. Renan até se reuniu com Dilma no Palácio do Alvorada (leia mais aqui), mas tem evitado aparecer em público ao seu lado.

Por Lauro Jardim
8:31 \ Partidos

Vem aí o PMDB LGBT

Moreira: direitos LGBT

Moreira: direitos LGBT

Preocupado com o risco de Eduardo Cunha fazer com que o PMDB fique com a pecha de ser um partido homofóbico, Moreira Franco levantou na Fundação Ulysses Guimarães, centro de estudos do partido, a discussão sobre a pertinência de criar um braço peemedebista voltado às causas LGBT. A legenda tem grupos voltados para mulheres, negros e sindicalistas.

Já foram feitos contatos com grupos ativistas de São Paulo e Bahia, interessados na ideia. Diz Moreira:

- O PMDB nunca teve nada a ver com homofobia. Não é uma iniciativa isolada da fundação, é algo que passa por todo o partido.

Por Lauro Jardim
8:29 \ Congresso

Claques de evangélicos

eduardo cunha

Cunha foi vaiado em São Paulo e Porto Alegre

A propósito, Eduardo Cunha disse a aliados do PMDB que vai convocar claques de evangélicos a se antecipar aos ativistas dos movimentos LGBT nas viagens da Câmara Itinerante, série de eventos promovidos pelo país às sextas-feiras, para promover temas por ele defendidos.

Em São Paulo e em Porto Alegre, Cunha foi vaiado e xingado por manifestantes contra a homofobia. Pode ser um tiro no pé. Mas que é coerente com o perfil beligerante de Cunha.

Por Lauro Jardim
8:01 \ Brasil

Janot e Cunha

Janot: ao lado de Cunha e de Lindbergh

Janot: ao lado de Cunha e de Lindbergh

Eduardo Cunha e Lindbergh Farias, ambos encrencados na Lava-Jato, e o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, têm encontro marcado hoje, em Brasília. Não será uma acareação.

Os três vão receber, às 10 horas, no Clube do Exército, a condecoração da Ordem do Mérito Judiciário Militar dada anualmente pelo Superior Tribunal Militar.

Por Lauro Jardim
7:23 \ Judiciário

Folga sintomática

plenário STF

Retaliação à lentidão de Dilma?

Foi sintomático o cancelamento de todas as sessões do STF, nas duas turmas e no plenário, nesta semana. Tem sido recorrente a falta do quórum de oito ministros para fazer votações no plenário. Assessores falam em falta de motivação dos ministros, outros especulam se seria uma retaliação diante da inércia de Dilma em indicar o décimo primeiro integrante da corte.

Enquanto isso, foi extinta ontem a punibilidade de Jader Barbalho, no inquérito que o investigava por peculato, tráfico de influência e lavagem de dinheiro. Isso ocorre quanto passa tanto tempo dos crimes que o investigado não pode mais ser punido, mesmo que seja condenado.

Por Lauro Jardim
6:32 \ Televisão

Leilão aberto

Campeonato inglês

Chelsea e Manchester City têm dominado o campeonato Inglês

Vem aí o leilão pelos direitos de transmissão da Premier League. Hoje, ESPN e Fox pagam 15 milhões de dólares por ano pelo torneio. Todos os canais esportivos devem entrar na disputa para exibir os jogos a partir de 2016.

Por Lauro Jardim
6:01 \ Partidos

Por que não sai

henrique alves

Ministério do Turismo é ocupado por indicado de Renan

Prevista para ter acontecido ainda na semana passada, a nomeação de Henrique Alves para o Ministério do Turismo ainda não saiu por obra e graça de Renan Calheiros.

Embora negue publicamente – e ao próprio Henrique – que trabalhe contra ele na pasta, Renan tem, sim, enviado sinais ao governo de que explodirá caso isso aconteça. No sábado passado, emissários do Planalto procuraram Renan para que ele desse o aval para a indicação de Henrique. Renan disse “não”.

A situação de Renan não é simples. À exceção do Turismo, nenhum dos seis ministérios do PMDB é ocupado por um indicado seu.

Pelo acordo feito entre peemedebistas e o Planalto ainda no fim do ano passado, durante a reforma ministerial, estavam previstas três pastas para o Senado, mas Minas e Energia e Agricultura foram ocupadas por Eduardo Braga e Kátia Abreu, ambos escolhas de Dilma. Na Pesca, foi nomeado Helder Barbalho, indicado pelo pai, Jader.

No encontro secreto que teve com Dilma há duas semanas no Alvorada (leia mais aqui), Renan irritou-se porque Dilma não tocou no tema. Ele tampouco o fez.

E, para fechar a conta, ninguém fala em nomear na Transpetro um indicado seu, como era Sérgio Machado, capaz de protegê-lo em tempos de Lava-Jato.

A troco do quê, diante desse quadro, Renan iria querer fortalecer ainda mais Eduardo Cunha com a nomeação de Henrique Alves?

Por Lauro Jardim

terça-feira, 31 de março de 2015

21:48 \ Brasil

Família Bolsonaro em festa

Bolsonaros em frente ao Ministério da Defesa

Bolsonaros em frente ao Ministério da Defesa

Os três Bolsonaros deputados – os federais Jair e Eduardo e o estadual Flávio – se reuniram com uma dúzia de pessoas hoje em frente ao Ministério da Defesa, em Brasília, e dispararam fogos para comemorar o aniversário do golpe militar, que faz 51 anos esta semana.

A família está cada vez mais performática. Filmaram um vídeo (assista aqui) com direito a trilha sonora.

Por Lauro Jardim
20:24 \ Governo

Baixa na Fazenda

levy

Chefe da comunicação da Fazenda fora

O jornalista Fernando Thompson, chefe da assessoria de comunicação do Ministério da Fazenda desde que Joaquim Levy assumiu, está deixando o cargo.

Por Lauro Jardim
19:28 \ Governo

Regulação ignorada

Dilma e berzoini

Dilma não levantou a bandeira de Berzoini

No discurso que fez hoje de manhã durante a posse de Edinho Silva na Secom, Dilma Rousseff disse 973 palavras. Em nenhum momento, falou em regulação da mídia.

Ricardo Berzoini estava na plateia.

Por Lauro Jardim
18:23 \ Governo

970 milhões

Programa é custeado em parte por fundos de pesquisa

Programa é custeado em parte por fundos de pesquisa

O governo usa recursos destinados a pesquisas científicas para financiar o Ciência Sem Fronteiras, o programa de intercâmbio de estudantes brasileiros para o exterior.

Em 2014, o Ciência Sem Fronteiras usou 892 milhões de reais do Fundo do Petróleo e 88 milhões de reais do Fundo de Energia.

O Ministério da Ciência e Tecnologia diz ter base legal para isso: a lei que criou o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, que prevê a aplicação dos recursos dos fundos neste tipo de investimento.

Por Lauro Jardim
18:03 \ Partidos

Mais fiel que o PT

gabrielli

Gabrielli elogiou programa do PCdoB

José Sergio Gabrielli participou ontem de um debate em São Paulo, e rasgou elogios ao PCdoB. Disse que o programa de TV do partido, que defendeu a estatal, foi uma contraofensiva que o PT não teve capacidade de produzir nos últimos meses.

Por Lauro Jardim
17:27 \ Governo

Lula solta o verbo

lula e dilma

Dilma: orelhas ardendo

Antes do encontro com o diretório nacional do PT, ontem, em São Paulo, Lula teve uma reunião mais reservada, com um círculo mais próximo a ele.

Nesta conversa mais íntima, não é que Lula tenha falado mal de Dilma. Falou horrores.

Por Lauro Jardim
17:10 \ Televisão

Audiência estagnada

emissoras

Sem mudanças nos números de audiência

A audiência das principais emissoras do Brasil não mudou muito de março de 2014 para o mesmo mês deste ano. Aos números:

De 1º até o dia 30, a Globo alcançou uma média de doze pontos no Ibope da Grande São Paulo para as 24 horas de programação – um ponto a mais que a marca do mesmo período do ano anterior.

Record e SBT mantiveram um empate técnico. Em março de 2014 e 2015 marcaram cinco pontos de audiência.

Por Lauro Jardim
17:02 \ Diversos

Exigências ao Rock in Rio

rock in rio

Bebedouros, acessibilidade e transporte entre as exigências

O Procon Carioca se reúne hoje à tarde com a Diretoria de Operações do Rock in Rio para colocar sobre a mesa exigências que deverão ser garantidas a quem comprar ingressos para o festival de música.

Entre os pontos exigidos estão garantia de transporte até o Rock in Rio, bebedouros a cada cinquenta metros, possibilidade de o consumidor levar seu próprio lanche e acessibilidade de cadeirantes a shows e banheiros.

Na última edição do Rock in Rio, em 2013, os organizadores pagaram 80 000 reais ao Fundo Carioca de Defesa do Consumidor para evitar multas por insuficiência de banheiros e ambulâncias.

Por Lauro Jardim
 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados