Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sucessor do portátil PSP, PlayStation Vita chega ao Japão

Console da Sony desembarca na Ásia para concorrer com rival Nintendo 3DS

O aguardado PlayStation Vita, novo console portátil da Sony, chegou às lojas do Japão neste sábado cercado de expectativas. Milhares de fãs da empresa formaram filas para adquirir o aparelho, que desembarcou no país asiático para concorrer diretamente com as vendas de Natal do Nintendo 3DS.

Veja também: compare videogames e saiba qual é o melhor console

Considerado o sucessor do portátil PSP, o PlayStation Vita é a nova aposta da Sony para ampliar seu poder no mercado: com sensores de movimento, os jogadores podem se conectar por meio de redes celulares ou redes wi-fi. O Vita tem câmeras frontal e traseira, uma tela sensível ao toque frontal de cinco polegadas e um painel traseiro também tátil, além de dois joysticks.

O equipamento permite aos jogadores jogarem entre si usando consoles PlayStation 3 por meio da PlayStation Network na internet, sistema que sofreu inúmeros ataques crackers neste ano. No Japão, duas versões já estão à venda: uma com conexão 3G e wi-fi por 383 dólares (709 reais) e outra só com wi-fi, por 318 dólares (579 reais).

O êxito na estreia pode ajudar a companhia a compensar os demais problemas em suas operações. Para a Sony, o Vita é seu principal lançamento desde a estreia do console PlayStation 3 há cinco anos. A companhia projetou um prejuízo de mais de 1 bilhão de dólares para este ano fiscal que será encerrado em março de 2012, o que corresponderá ao quarto ano consecutivo de resultados negativos. Outro grave problema enfrentado no setor é a popularidade do uso de smartphones e tablets como plataformas de games.

O lançamento do Vita intensificará a competição com a Nintendo e seu console Nintendo 3DS, cuja estreia foi decepcionante a despeito dos esforços da companhia para promover a sua tecnologia 3D. Muitos críticos se queixaram da falta de jogos para o console e a Nintendo reduziu o preço do equipamento depois de seis meses do lançamento. A venda do aparelho começará na América do Norte e na Europa em 22 de fevereiro.

(Com Agência Estado)