Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Steve Jobs está de volta ao trabalho

O executivo-chefe da Apple, Steve Jobs, está de volta ao trabalho após seis meses de licença médica, confirmou o porta-voz da empresa, Steve Dowling. Segundo ele, Jobs vai trabalhar nos escritórios da Apple “alguns dias por semana” e em casa nos outros dias. “Estamos muito satisfeitos por tê-lo de volta”, disse Dowling. O porta-voz não quis comentar se as tarefas de Jobs serão as mesmas que o executivo cumpria antes de anunciar que se retiraria da empresa, em janeiro.

Dowling também não informou como a volta de Jobs vai afetar o diretor operacional da empresa, Tim Cook, que assumiu o cargo de executivo-chefe interinamente. Jobs anunciou que sairia de licença em janeiro, após meses de especulações sobre sua saúde, já que ele havia perdido muito peso. Na semana passada, um hospital do Tennessee confirmou que o executivo fez um transplante de fígado.

O retorno de Jobs teve um pequeno reflexo imediato nas ações da Apple. Por volta das 15 horas, os papéis caíam 0,24%, para 142,10 dólares, na Nasdaq. A leve reação das ações prova um fato que poderia ter surpreendido muitas pessoas há um ano: o valor de mercado da Apple está menos ligado a Steve Jobs e mais à linha de produtos e ao forte balanço financeiro da empresa.

No entanto, a volta de Jobs deve renovar as discussões sobre a falha do conselho da Apple em revelar o transplante do executivo e seu prognóstico após a cirurgia. No início deste ano, a comissão americana que lida com valores mobiliários abriu um inquérito para apurar as declarações da Apple sobre a saúde de Jobs.

(Com Agência Estado)