Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Netbooks perdem espaço para tablets e ultrabooks

Asus e Acer, as principais fabricantes do segmento, deixarão de produzir aparelhos a partir de janeiro deste ano

Por Da Redação 1 jan 2013, 18h23

As fabricantes de computadores Asus e Acer decidiram encerrar a produção de suas linhas de netbooks a partir desta terça-feira, segundo o site especializado em tecnologia Digitimes. O segmento perdeu espaço com a concorrência dos tablets, smartphones e ultrabooks.

Os netbooks eram a grande aposta do mercado de computadores pessoais há quatro anos. Em 2009, com a venda de aparelhos alcançando os 39 milhões, um relatório da empresa de consultoria de mercado americana ABI chegou a prever que a linha seria um sucesso em 2013. A expectativa, segundo o estudo, era de que 139 milhões de unidades fossem comercializadas neste ano. A “nova era na informática”, contudo, não se concretizou.

A Asus, uma propulsora do mercado com sua linha Eee PC, lançada em 2007, foi com a Acer umas das últimas grandes fabricantes do segmento. A maioria dos outros produtores, como Samsung, HP e Dell, por exemplo, já trocou sua linha de netbooks por uma de tablets.

Acer e Asus investiam em mercados consumidores do sudeste da Ásia e do América do Sul, mas essas regiões também foram alvo dos fabricantes de tablets e smartphones. A forte concorrência fez com que as empresas repensassem seus planos e desistissem de investir no pequeno computador.

Continua após a publicidade

Publicidade