Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Google promete continuar oferecendo Android gratuitamente

Companhia não vai dar preferência à Motorola, fabricante adquirida recentemente pela empresa, afirma Eric Schmidt

Por Da Redação 8 nov 2011, 12h59

O membro do conselho e ex-CEO do Google, Eric Schmidt, disse nesta terça-feira que a empresa vai continuar oferecendo o seu sistema operacional para celulares e tablets, o Android, gratuitamente. O executivo afirmou ainda que a empresa não dará qualquer tipo de preferência à Motorola, adquirida recentemente pela companhia por 12,5 bilhões de dólares.

A declaração aconteceu durante um evento na Coreia do Sul, onde Schmidt fez questão de ressaltar que a compra da Motorola não vai afetar as relações do Google com as demais fabricantes. “Manteremos a empresa suficientemente independente, o que não violará a gratuidade do Android”, disse. Entre os parceiros do Google estão a Samsung, concorrente direta da Motorola, cujos celulares rodam o sistema operacional. A empresa sul-coreana fabrica o Nexus, o segundo celular do mercado que carrega a assinatura Google, depois do Nexus One, da HTC.

Concorrência – Schmidt também respondeu às críticas ao Android feitas pode Steve Jobs em sua biografia oficial. Segundo o executivo, o sistema operacional não é uma cópia do iPhone e seu desenvolvimento começou antes mesmo do celular da Apple.

Durante o evento, o membro do conselho ressaltou que evitou fazer comentários sobre o livro, lançado após a morte de Jobs. “Steve era um ser humano fantástico e alguém de quem sinto falta. De modo geral, acho que a maioria das pessoas concorda que o Google é uma empresa inovadora. Os nosso esforços com o Android começaram antes do iPhone”, salientou Schmidt.

Em sua biografia, intitulada Steve Jobs, o ex-CEO da Apple declarou a Walter Isaacson, autor livro, o seu descontentamento com o rival. “Eu vou destruir o Android porque ele é fruto de um grande roubo. Estou disposto a entrar nessa guerra termonuclear”, disse Jobs na ocasião.

Continua após a publicidade

Publicidade