Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Crackers do Lulz Security derrubam site oficial britânico

Página de agência de combate ao crime organizado ficou fora do ar por horas

Por Da Redação 21 jun 2011, 11h21

Os crackers do grupo conhecido como Lulz Security – envolvido em ataques virtuais realizados na última semana – reivindicaram, nesta terça-feira, pelo Twitter, a autoria da ação que tirou do ar o site da Agência Contra o Crime Organizado da Grã-Bretanha (Soca, na sigla em inglês). O grupo alega que o objetivo do ataque criminoso é demonstrar que os sites de governos são vulneráveis.

A Sophos, empresa europeia especializada em segurança da informação, confirmou a indisponibilidade do endereço eletrônico britânico.

Na semana passada, o Lulz Security reivindicou o ataque contra o site do Senado dos Estados Unidos, além de afirmar que foi responsável por tirar do ar a página da CIA, agência de inteligência americana. O grupo também vazou na rede dados de milhares usuários de serviços da Sony, invadidos em março.

Leia mais:

O Lulz Security

(Com AFP)

Continua após a publicidade
Publicidade