Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Bitcoin consome mais energia do que a Suíça, diz Universidade de Cambridge

Por outro lado, há também uma pesquisa que aponta que 74% da eletricidade gasta provém de fontes renováveis

Por André Lopes 5 jul 2019, 16h56

Pesquisadores da Universidade de Cambridge lançaram na terça-feira 2 uma ferramenta que monitora em tempo real o consumo total de eletricidade da rede Bitcoin. Na ferramenta é possível encontrar um rol chamado Índice Cambridge de Consumo de Eletricidade com Bitcoin (CBECI, na sigla em inglês), que fornece uma estimativa do consumo energético da criptomoeda, em atualização a cada trinta segundos.

Atualmente, a CBECI diz que a rede global Bitcoin está consumindo mais de sete gigawatts de eletricidade por hora. Ao longo de um ano, isso equivale a cerca de 60 terawatt-hora de consumo de energia, ou cerca de 0,27% de toda a energia consumida globalmente. Isso é mais do que a Suíça usa no mesmo período de tempo (58 TWh por ano).

O consumo elétrico já foi apontado como a maior falha do Bitcoin na intenção de ser uma moeda viável para o uso diário. Por outro lado, no dia 7 de junho a empresa CoinShares, que atua como corretora de criptomoeda, publicou um estudo indicando que cerca de 74% da energia usada para moedas virtuais provem de fontes de energia renováveis.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)