Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Casas Bahia mira em dados financeiros da classe C e cria banco digital

Com a conta digital banQi, a varejista busca aumentar a coleta de hábitos dos clientes de baixa renda com a aglomeração serviços de pagamento e crédito

A Via Varejo, que administra a Casas Bahia, anunciou nesta quarta-feira 5, em parceria com a start-up americana Airfox, de pagamentos móveis, o lançamento do banQi, um banco digital que tem como público alvo clientes de baixa renda que não possuem conta em bancos tradicionais — número que abrange cerca de 64 milhões de brasileiros.

O banQi passa a utilizar dos 800 pontos de atendimento da varejista para aumentar a carteira de clientes do novo serviço. Entre as estratégias, espera-se que, a partir de uma análise mais próxima da saúde bancária dos consumidores, a Casas Bahia aumente a quantidade de pessoas com crédito pré-aprovado para compras.

A conta digital funcionará como as demais ofertadas por startups financeiras como NuBank, Neon e Inter. São funcionalidades digitais por meio de uma carteira virtual, tais como a possibilidade de pagamento de contas de água, luz, gás, internet e telefone, cobrança e recebimento de valores diretamente do aplicativo. Ainda neste ano, o banQi também deverá oferecer empréstimo pessoal, venda de seguros e cartão pré-pago.

Crescimento do setor

A guinada para serviços bancários feita pela varejista acompanha o crescimento de investimentos no mercado das carteiras virtuais. Em 2018, foi investido R$ 1,5 bilhão em fintechs que atuam de forma similar aos bancos. O valor é 738% maior do que os investimentos de 2016, que totalizaram R$ 203 milhões.

Com os caixas abastecidos, as fintechs lutam pelo sexto lugar no ranking dos maiores bancos do país em número de clientes. Hoje, o posto é ocupado pelo gaúcho Banrisul, com 2,7 milhões de correntistas. Já o quinto lugar, bem mais a frente, é do Santander, que tem perto de 11 milhões.

Em comum, as instituições que estão abaixo do Banrisul só oferecem atendimento digital. A conta é aberta e movimentada por um app para celular. O dinheiro pode ser sacado nos caixas 24 Horas, enquanto depósitos na conta são por transferência ou pagamento de um boleto.