Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ásia pode se tornar maior poluente mundial até 2030

A Ásia corre o risco de se tornar o maior responsável pelo aquecimento global dentro dos próximos 20 anos, alertaram especialistas nesta terça-feira. Segundo o presidente do Banco de Desenvolvimento da Ásia (BDA), Haruhiko Kuroda, o continente mais populosos do mundo poderá responder por 40% das emissões de gases responsáveis pelo efeito estufa. Hoje, a fatia já é de um terço das emissões.

Durante uma conferência em Manila, nas Filipinas, Kuroda disse que o rápido crescimento econômico de países asiáticos, como Índia e China, contribuíram significativamente para a poluição ambiental. “A menos que sejam tomadas medidas urgentes, a porção de gases do efeito estufa emitida pela Ásia poderá aumentar para mais de 40% até 2030”, afirmou Kuroda.

De acordo com o BDA, o continente asiático é também o mais vulnerável às mudanças climáticas. O órgão estima que o aquecimento global poderá provocar secas e quedas de até 30% nas colheitas até 2050. Além disso, cidades costeiras como Bangcoc, Jacarta, Manila, Xangai e Mumbai deverão ficar suscetíveis a enchentes.

Para evitar tais desastres naturais, Kuroda disse que é “imperativo” intensificar os esforços para levar a região a um caminho de crescimento com baixas emissões de CO2. Atualmente, a China é um dos maiores poluentes do mundo, ao lado dos Estados Unidos. Juntos, os dois países respondem por metade das emissões mundiais de CO2. Nenhum deles assinou o Protocolo de Kioto.