Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Após censura de 14 anos, consoles de games voltam à China

Xbox One, da Microsoft, será vendido no país asiático a partir de setembro

O Xbox One, console da Microsoft, será o primeiro videogame a entrar na China em quatorze anos. Segundo comunicado da companhia americana divulgado nesta quarta-feira, o aparelho começará a ser vendido no país asiático em setembro. Os consoles foram banidos da China em 2000, quando o Ministério da Cultura classificou os jogos eletrônicos como má influência aos jovens, com efeitos negativos para a saúde mental e física.

Leia também:

Os games mais vendidos no Brasil

A China possui um mercado de games promissor. De acordo com a Microsoft, a indústria local movimentou mais de 13 bilhões de dólares em 2013 – crescimento de 38% em comparação com o mesmo período do ano anterior. No país, as plataformas mais populares para jogar games são PCs e smartphones.

A paixão chinesa pelos jogos eletrônicos transformou o país em um dos destinos mais desejados pelas fabricantes, caso da própria Microsoft e das japonesas Sony e Nintendo, produtoras do PlayStation 4 e Wii U, respectivamente.

“Lançar o Xbox One na China é um marco para a Microsoft e para a indústria. Trata-se de um passo importante na nossa meta de levar os melhores jogos e a melhor experiência de entretenimento aos jogadores de todo o mundo”, afirma Yusef Mehdi , diretor de marketing e estratégia da divisão Xbox.

Para alcançar a façanha de voltar a vender na China, a Microsoft fechou uma parceria com a BesTV, companhia sediada em Shangai. A BesTV é uma subsidiária do Shanghai Media, detentora de canais de TV, emissoras de rádio e companhias de internet na China. A parceria da Microsoft com a BesTV foi firmada em setembro, quando as duas companhias criaram a E-Home Entertainment, uma empresa focada em soluções de entretenimento digital e games.