Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ações do Facebook despencam 9% em um dia na bolsa

Queda foi motivada por um artigo que avaliou o papel da empresa em 15 dólares

As ações do Facebook despencaram nesta segunda-feira e fecharam em queda de 9,1% na bolsa de valores, sendo cotadas a 20,79 dólares. No pior momento do dia para empresa fundada por Mark Zuckerberg, quando os papéis chegaram a atingir uma baixa de 10%, a Nasdaq acionou o circuit breaker – mecanismo que interrompe as movimentações no mercado para evitar oscilações bruscas e especulações.

Leia mais:

Mark Zuckerberg perdeu US$ 8 bilhões com ações

Facebook enfrenta desafio à sua altura: mobilidade

A nova queda das ações do Facebook vem na esteira de um artigo da revista financeira Barron’s, que avaliou o preço do papel da empresa em apenas 15 dólares, um patamar ainda mais baixo do que o atual.

De acordo com o artigo, apesar do declínio nas ações da rede social, ainda não é aconselhável investir no Facebook. Para a publicação, a empresa ainda precisa descobrir como lucrar com anúncios para usuários que acessam a rede por smartphones e tablets, frisando que o sucesso do Facebook nos dispositivos móveis ainda não é “nenhuma certeza”.

Declínio – Desde a estreia no mercado financeiro com a maior oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) na Nasdaq, a bolsa do setor de tecnologia, em maio, a empresa tem perdido valor – da euforia dos 104 bilhões de dólares para os atuais 42,5 bilhões de dólares, menos da metade.