Clique e assine a partir de 9,90/mês

Ações da Uber disparam após CEO dizer que tem dinheiro para crise

O caixa da empresa de transporte por aplicativo é de 10 bilhões de dólares

Por Da Redação - 19 mar 2020, 17h32

As ações da Uber subiam quase 35% após a rede americana CNBC informar que a empresa tem dinheiro de sobra em caixa para atravessar a crise do coronavírus e está vendo o crescimento em diversas de suas divisões, conforme a demanda por corridas cai.

O segmento de transporte da empresa está sofrendo um declínio de 60% a 70% nas áreas mais afetadas pela pandemia, mas também registrou crescimento no Uber Eats, informou a CNBC nesta quinta-feira (19), citando uma teleconferência do presidente-executivo Dara Khosrowshahi.

Khosrowshahi disse que a Uber possuía 10 bilhões de dólares em dinheiro em caixa no final de fevereiro. “Em qualquer crise, a liquidez é fundamental.”

A Uber e a Lyft (outra empresa de transporte por app famosa nos EUA) foram duramente atingidas por uma queda nas corridas à medida que o vírus se espalha pelo mundo. Ambas as empresas começaram a suspender corridas compartilhadas em suas plataformas nos Estados Unidos e no Canadá. As ações da Uber caíram cerca de 50% este ano, enquanto as da Lyft caíram 65%.

Continua após a publicidade

 

Publicidade