Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vegetarianos têm menor risco de câncer

Vegetarianos são 45% menos propensos a desenvolver câncer no sangue, revelou um estudo publicado nesta quarta-feira pela revista científica British Journal of Cancer. A pesquisa, conduzida pela Unidade de Epidemiologia do Cancer Research UK, da Universidade de Oxford, concluiu ainda que a abstinência de carne também reduz em 12% o risco de se ter qualquer tipo de câncer.

Para o estudo, parte de uma longa investigação internacional sobre a doença, cientistas acompanharam 61.566 homens e mulheres britânicas, divididos entre aqueles que comiam carne, os que comiam peixe mas não carne e os que não comiam nem peixe e nem carne. Após mais de 12 anos de pesquisas, 3.350 participantes desenvolveram câncer, sendo 68% (2.204) comedores de carne, 24% (800) vegetarianos e 9,5% (300) comedores apenas de peixe.

Os pesquisadores constataram ainda que, entre os que comiam carne, 180 tiveram algum tipo de câncer de sangue, como leucemia, mieloma múltiplo e linfoma não-Hodgkin. No grupo dos vegetarianos, esse número caiu para 49, enquanto que entre os adeptos do peixe, passou para 28. O risco de desenvolver câncer de estômago ou de bexiga também se mostrou significativamente menor entre os vegetarianos.

Naomi Allen, coautora do estudo, pede cautela com a interpretação dos resultados. “Precisamos saber qual aspecto de uma dieta vegetariana ou com peixes protege contra o câncer”, disse a pesquisadora, segundo reportagem do jornal The Guardian. “É um maior consumo de fibras, maior consumo de frutas ou vegetais ou apenas a carne em si?” Para responder a essa pergunta, mais estudos ainda serão necessários.