Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Avião com 2 milhões de doses da vacina de Oxford chega ao Brasil

Previsão da Fiocruz é que as unidades comecem a ser entregues ao Ministério da Saúde nesta quarta-feira

Por Da Redação Atualizado em 17 mar 2021, 12h04 - Publicado em 23 fev 2021, 08h10

Chegou na manhã desta terça-feira, 23, ao Brasil o avião com dois milhões de doses da vacina contra a Covid-19 produzida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca. As unidades foram importadas do Instituto Serum, na Índia. A aeronave pousou no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, por volta das 7h. Após passar pelos trâmites alfandegários, os imunizantes serão levados para a sede da Fiocruz, no Rio de Janeiro.

Na Fiocruz, as vacinas irão passar por conferência de temperatura e integridade da carga, receberão etiquetas com informações em português e terão amostras encaminhadas para análise de protocolo e liberação pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz).

Plano Nacional de Imunização contra o Covid 19

Esse processo, de acordo com a fundação, acontecerá ao longo do dia e a previsão é de que as doses estejam prontas ainda na madrugada desta quarta-feira. Depois, as unidades serão entregues ao Ministério da Saúde e incorporadas ao Plano Nacional de Imunização (PNI).

A negociação da Fiocruz com a AstraZeneca e o Instituto Serum incluiu a aquisição de um total de dez milhões de antígenos importados, além de dois milhões já entregues ao governo federal no dia 24 de janeiro. O restante de oito milhões de doses será importado ao longo dos próximos dois meses, em cronograma ainda a ser confirmado.

Nesta segunda-feira 22, o Instituto Butantan comunicou que iniciará a entrega nesta semana ao Ministério da Saúde de mais 3,4 milhões de doses da vacina CoronaVac. Em março, serão mais 13,9 milhões e em abril, 18,9 milhões, totalizando, assim, 46 milhões de unidades.

Continua após a publicidade
Publicidade