Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Uma em cada três brasileiras já pensou em colocar silicone

Levantamento aponta que 94% das mulheres acreditam que colocar próteses mamárias pode aumentar a sua autoestima

Uma em cada três brasileiras já pensou em colocar silicone nos seios. É o que aponta um levantamento feito com 400 brasileiras, com idades entre 18 e 45 anos, que nunca realizaram uma cirurgia plástica. Das mulheres que cogitam o procedimento, pelo menos metade delas pretende colocar o desejo em prática. De acordo com o estudo, os seios são a segunda parte do corpo que as mulheres menos gostam em si mesmas – perdendo apenas para o abdome.

A mulher e o corpo

Conheça as principais conclusões de estudo feito com 400 mulheres brasileiras de 18 a 45 anos que nunca foram submetidas a uma cirurgia plástica

  1. • Uma em cada três mulheres já pensou em colocar silicone
  2. • Metade das mulheres que já cogitaram passar pela cirurgia pretende colocar o desejo em prática
  3. • Os seios são a segunda parte do corpo da qual as mulheres menos gostam em si
  4. • 94% das mulheres acreditam que colocar próteses mamárias aumenta a autoestima
  5. • 53% das mulheres consideram que seios grandes são sexy
  6. • 83% das mulheres acreditam que ter seios maiores é um ponto importante para os homens

Esses dados fazem parte da pesquisa Tamanho é Documento, realizada a pedido da Mentor, empresa que fabrica produtos para procedimentos médicos, entre eles próteses mamárias. As 400 voluntárias, que responderam ao estudo em 2013, são de São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Brasília.

Segundo o estudo, o principal motivo que leva as mulheres a cogitarem o implante de silicone é a insatisfação com o tamanho dos seios (39%). As outras principais justificativas são: se sentirem desejadas (35%); insatisfação com o formato dos seios (19%); e mudança nos seios após a gravidez e amamentação (15%).

Vídeo: Assista a uma cirurgia de implante de silicone

De acordo com a pesquisa, quanto menor a numeração do sutiã, maior a proporção de mulheres que têm vontade de submeter-se à cirurgia – 48% das participantes que usavam sutiã de tamanhos 38 ou 40 disseram ter vontade de colocar silicone. Essa prevalência foi maior do que as que vestiam tamanho 42 (25%); 44 (16%); e 46 ou mais (3,5%).

Efeitos do silicone – Segundo a pesquisa, 94% das mulheres entrevistadas disseram acreditar que colocar próteses mamárias pode vir a aumentar a sua autoestima. Além disso, mais da metade delas (53%) considera que seios grandes são sexy, e 83% acreditam que ter seios maiores é um ponto importante para os homens.

Leia também:

Brasil ocupa 2ª posição em número de cirurgias plásticas estéticas no mundo

Cirurgias plásticas: começou a temporada de busca pela perfeição

O corpo – Das mulheres que participaram do levantamento, 71,5% afirmaram ter muita ou alguma preocupação com o próprio corpo, enquanto apenas 5,8% disseram não ter nenhuma preocupação. As cirurgias plásticas mais desejadas pelas mulheres são a lipoaspiração (32%) e a abdominoplastia (31,5%). O implante de prósteses mamárias fica em terceiro lugar, com a preferência de 23,5% das entrevistadas. Em seguida, estão o lifting facial (19%), a rinoplastia (12%) e a correção de pálpebra (11%).