Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Terapia hormonal é mais eficiente que soja no combate a ondas de calor da menopausa

Mas aplicação deve ser feita em doses pequenas e por curto período

Por Da Redação 16 mar 2011, 19h40

Um recente estudo publicado no periódico americano Menopause, da Sociedade Americana de Menopausa, concluiu que a reposição hormonal é mais eficiente na redução das ondas de calor sentidas pelas mulheres durante a cessação definitiva da menstruação do que o consumo de soja. “Para aquelas mulheres que sofrem muito com as ondas, o melhor tratamento é mesmo o hormonal. Depois de estabilizada a situação, recorre-se ao consumo de soja”, diz Gloria Bachmann, médica do Robert Wood Johnson Medical Hospital em New Jersey, nos Estados Unidos. Contudo, ela acrescentou que, devido a contra-indicações, a aplicação do hormônio deve ser feita em doses muito pequenas, ministradas no menor prazo possível.

A terapia hormonal e o consumo de soja visam manter o nível de hormônios sexuais femininos no organismo, cuja produção é reduzida na menopausa, causando as ondas de calor e também alterações de humor e diminuição da libido. O primeiro método restaura os níveis de estrogênio e progesterona. Já a soja atua a partir de fitoestrogênios, componente cuja estrutura se assemelha à do estrogênio, imitando os efeitos do hormônio no organismo.

O estudo americano comparou dados de dois grupos de mulheres: 760 que receberam os tratamentos e 770 que não foram tratadas ou que receberam placebo. Os pesquisadores constataram que aquelas que passaram pela terapia hormonal apresentaram melhores resultados.

De acordo com Rafael Bolanos-Diaz, da Universidade San Marcos, no Peru, um dos autores do estudo, na menopausa, as mulheres sentem entre 30 e 150 ondas de calor por mês. É aí que os hormônios mostram mais eficiência. Entre as voluntárias do estudo que passaram pela terapia, foi registrada uma redução média de 24 ondas de calor – o dobro da redução obtida pela soja. Não foi verificado, no entanto, se o consumo de soja tinha o mesmo efeito quando ingerido na alimentação ou como suplemento.

Contra-indicações – Até 2002, acreditava-se que o tratamento com hormônios só trazia benefícios a curto e longo prazo e nenhum tipo de prejuízo. Um grande estudo com milhares de mulheres, porém, descobriu que os benefícios a curto prazo, como a redução dos sintomas, eram acompanhados a longo prazo do aumento de risco de acidentes cardiovasculares, osteoporose e câncer de mama. O tratamento, então, passou a ser contraindicado, mas não proibido, pelo Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos.

Agora, os médicos defendem seu uso em doses mínimas e por tempo limitado, até por no máximo cinco anos. “A terapia hormonal continua sendo o melhor tratamento contra os sintomas da menopausa, como mostra o estudo. O importante continua sendo avaliar com critérios adequados cada paciente antes de decidir por algum tratamento”, afirma o médico Mariano Tamura, ginecologista do Hospital Albert Einstein, de São Paulo.

Ainda há um número relativamente pequeno de estudos acerca do mecanismo de funcionamento da soja no organismo. Uma das hipóteses mais aceitas é que a soja tenha efeitos similares ao estrogênio no cérebro, nos ossos e nas veias sanguíneas. De acordo com o Instituto Nacional de Saúde americano, a soja pode apresentar efeitos colaterais, como náusea, inchaço e constipação.

Clique nas perguntas abaixo para saber mais sobre a menopausa:

  • Causas
  • Sintomas e efeitos
  • Alimentação e reposição hormonal

Mariano Tamura, ginecologista do Hospital Israelita Albert Einstein Mariano Tamura, ginecologista do Hospital Israelita Albert Einstein Mariano Tamura, ginecologista do Hospital Israelita Albert Einstein Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo

O que é menopausa?

Qual a diferença entre climatério, menopausa e pós-menopausa?

A partir de que idade é comum a mulher ter a menopausa?

O que é menopausa precoce? Qual sua causa?

O que é menopausa artificial?

  • O que é menopausa?
  • Qual a diferença entre climatério, menopausa e pós-menopausa?
  • A partir de que idade é comum a mulher ter a menopausa?
  • O que é menopausa precoce? Qual sua causa?
  • O que é menopausa artificial?

Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo

Continua após a publicidade

Como diagnosticar a menopausa?

Por que as mulheres sofrem tanto com ondas de calor e alteração de humor na menopausa?

Homens podem sofrer com os mesmos efeitos que as mulheres apresentam na menopausa?

Quais as consequências da menopausa?

A menopausa afeta a libido da mulher?

Mulheres que retiraram o útero, mas preservaram o ovário, sentem os efeitos da menopausa?

  • Como diagnosticar a menopausa?
  • Por que as mulheres sofrem tanto com ondas de calor e alteração de humor na menopausa?
  • Homens podem sofrer com os mesmos efeitos que as mulheres apresentam na menopausa?
  • Quais as consequências da menopausa?
  • A menopausa afeta a libido da mulher?
  • Mulheres que retiraram o útero, mas preservaram o ovário, sentem os efeitos da menopausa?

Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo

O que pode ser feito para amenizar os sintomas da menopausa?

A reposição hormonal é segura?

Qual a alimentação adequada para diminuir os sintomas?

  • O que pode ser feito para amenizar os sintomas da menopausa?
  • A reposição hormonal é segura?
  • Qual a alimentação adequada para diminuir os sintomas?

*O conteúdo destes vídeos é um serviço de informação e não pode substituir uma consulta médica. Em caso de problemas de saúde, procure um médico.

(Com Agência Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade