Clique e assine a partir de 8,90/mês

Saúde cardíaca do bebê está ligada ao 1º trimestre de gravidez

Em estudo, crianças que tinham baixo peso no começo da gestação apresentaram mais indicadores para problemas cardiovasculares

Por Da Redação - 25 jan 2014, 05h40

Fetos que se desenvolvem abaixo do esperado no primeiro trimestre de gravidez podem ter maior risco de desenvolver problemas cardíacos no futuro. A descoberta, inédita, foi publicada no periódico British Medical Journal nesta sexta-feira.

Nos primeiros três meses de gestação, chamada fase embrionária, o coração e outros órgãos importantes começam a ser formados. Pesquisadores da Escola de Saúde da Universidade Erasmus, na Holanda, decidiram examinar se o baixo peso do feto nesse período estaria associado a um maior risco de problemas cardiovasculares na infância.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: First trimester fetal growth restriction and cardiovascular risk factors in school age children: population based cohort study

Onde foi divulgada: periódico British Medical Journal

Quem fez: Vincent W V Jaddoe, Layla L de Jonge, Albert Hofman, Oscar H Franco, Eric A P Steegers e Romy Gaillard

Continua após a publicidade

Instituição: Escola de Saúde da Universidade Erasmus, na Holanda

Resultado: Crianças que tinham baixo peso nas primeiras semanas de gestação apresentaram mais marcadores de risco para problemas cardiovasculares aos seis anos

O estudo comparou o peso de 1.184 crianças holandesas no primeiro ultrassom (dez a treze semanas de gestação) com marcadores de risco cardiovascular quando elas tinham seis anos (índice de massa corpórea, percentual de gordura, nível de pressão arterial, taxa de colesterol e de insulina). Foram levados em conta também fatores relativos à mãe, como idade, etnia, escolaridade, tabagismo, índice de massa corpórea e de pressão sanguínea.

Leia também:

Exercícios na gravidez ajudam no desenvolvimento cerebral do bebê

Ronco durante a gravidez pode estar associado a complicações no parto

Continua após a publicidade
Publicidade