Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pronto-socorro da Santa Casa de SP reabre sem filas

Pacientes que tinham atendimento marcado e não foram atendidos têm uma semana para realizar os procedimentos

Após reabertura do pronto-socorro na noite de quarta-feira, a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo amanheceu com poucos pacientes e sem filas do lado de fora. Das 22h de quarta-feira até as 10h desta quinta-feira, o pronto-socorro central do hospital realizou apenas 45 atendimentos em 12 horas. Por dia, essa unidade recebe 360 pessoas. Em todos os atendimentos de emergência do complexo, 1 200 pacientes são atendidos diariamente.

Na entrada da Rua Dona Veridiana, um cartaz do hospital indica onde as pessoas devem buscar informações sobre as consultas, exames e cirurgias canceladas. A orientação é para o paciente entrar na Santa Casa e procurar o chefe de cada setor para resolver a situação.

Cirurgias e exames agendados – A Santa Casa informou que os pacientes que tinham exames marcados e não foram atendidos nesta quarta-feira têm uma semana para vir com comprovante de agendamento e realizá-los. Já as cirurgias eletivas terão de ser remarcadas e não haverá política de prioridade para quem não pôde realizá-las na quarta-feira.

O Pronto-Socorro da Santa Casa foi fechado na tarde de terça-feira, com a alegação de falta de recursos para a compra de materiais e medicamentos. Ele foi reaberto depois que o provedor da instituição, Kalil Rocha Abdalla, afirmou aceitar os 3 milhões de reais oferecidos pelo governo do Estado.

(Com Estadão Conteúdo)