Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Produtos de higiene podem aumentar vulnerabilidade a doenças

Estudo sugere que jovens expostos a sabonetes com antibactericidas têm mais chances de ficar doentes

Por Da Redação 29 nov 2010, 19h51

Um estudo da Universidade de Michigan apontou uma conexão entre o uso de sabonetes com o agente antisséptico triclosan e o surgimento de alergias em jovens

Sabonetes antibactericidas e embalagens plásticas para preservar a comida podem oferecer “proteção demais”, a ponto de facilitar o aparecimento de alergias e outras doenças. Um estudo da Universidade de Michigan apontou uma conexão entre o uso de sabonetes com o agente antisséptico triclosan e o surgimento de alergias em jovens. Também relacionou o bisphenol A (BPA), presente em plásticos, à presença de citomegalovírus no organismo.

Os sintomas do citomegalovírus (CMV) vão de discreto mal-estar e febre baixa até doenças graves que comprometem o aparelho digestivo, sistema nervoso central e retina. O vírus nunca abandona o organismo da pessoa infectada, mas permanece em estado latente e qualquer baixa na imunidade do hospedeiro pode reativar a infecção.

Tanto o BPA quanto o triclosan (encontrado também em pastas de dentes, equipamentos médicos e bolsas de bebês) são considerados compostos de desregulação endócrina, ou seja, podem afetar a saúde humana imitando ou afetando os hormônios.

Nível alto de anticorpos – Para chegar a essas conclusões, os estudiosos analisaram informações da Pesquisa nacional de exames de saúde e nutrição americana entre os anos de 2003 e 2006. Compararam, então, os níveis de anticorpos ao CMV com a quantidade de BPA na urina dos examinados bem como a presença de triclosan com o diagnóstico de alergias ou febre do feno. Todos os pacientes estudados tinham acima de seis anos.

“Descobrimos que pessoas com mais de 18 anos de idade com altos níveis de exposição ao BPA tinham mais anticorpos ao CMV, o que sugere que seu sistema imunológico pode não estar funcionando corretamente”, disse Erin Rees Clayton, um dos envolvidos no estudo.

Um dado curioso é que nas pessoas com menos de 18 anos, o efeito era contrário. “Isso sugere que o tempo de exposição ao BPA e, talvez, a quantidade e a duração da exposição podem afetar a resposta do sistema imunológico”, disse Rees Clayton.

Alergias – Os pesquisadores também descobriram que menores de 18 anos com altos níveis de triclosan eram mais vulneráveis a alergias e febre do feno. “Os resultados do triclosan nos mais jovens podem apoiar a ‘hipótese da higiene’. Ela sustenta que viver em ambientes muito limpos e higiênicos pode afetar a nossa exposição a microrganismos, o que é benéfico para o desenvolvimento do sistema imunológico”, disse Allison Aiello, líder da pesquisa.

É importante notar uma deficiência da pesquisa: ela não considera o perfil dos pacientes analisados. A falha é assumida até mesmo pelos líderes do estudo. “É possível, por exemplo, que os indivíduos sejam mais higiênicos por causa de sua condição alérgica, e que a relação que nós observamos seja, portanto, não causal ou de causação reversa”, Aiello disse.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)