Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

México recebe mais doses de Oxford-AstraZeneca enviadas pelos EUA

Cerca de 1,2 milhão de doses se somam a outras 2,7 milhões recebidas em março

Por Matheus Deccache Atualizado em 21 Maio 2021, 19h01 - Publicado em 21 Maio 2021, 16h56

O México recebeu na quinta-feira, 20, cerca de 1,2 milhão de doses da vacina de Oxford-AstraZeneca enviada pelos Estados Unidos. A notícia foi dada pelo chanceler mexicano, Marcelo Ebrard, e a chegada se dá dias após o presidente americano Joe Biden anunciar que planeja o envio de 60 milhões de vacinas da farmacêutica para outros países. 

Segundo Biden, além das 60 milhões de doses da AstraZeneca, 20 milhões de doses da Pfizer, Moderna e Johnson & Johnson serão enviadas ao exterior até o final de junho. O plano inclui pela primeira vez imunizantes autorizados para uso doméstico, onde a oferta está começando a superar a demanda, segundo informações da Bloomberg, citando um alto funcionário da administração.  

A vacinação nos Estados Unidos caminha a passos largos. Mais de 160 milhões de doses de imunizantes já foram aplicadas, o equivalente a quase 48% de sua população tendo recebido a primeira dose e 38% tendo recebido as duas doses. 

LEIA TAMBÉM: A vida pós-picada: os cuidados depois da vacina

México e Canadá já receberam doses da AstraZeneca do estoque dos EUA, e a Pfizer começou a enviar doses de sua vacina produzida nos EUA para países como México, Canadá e Uruguai, além dos planos de compartilhar as doses. Em março, 2,7 milhões de doses da farmacêutica anglo-sueca já tinham sido enviadas ao vizinho no sul, além de uma quantidade menor ao seu vizinho no norte.  

O México é um dos países mais atingidos pelo novo coronavírus desde o início da pandemia, registrando 2,39 milhões de casos e 221.000 mortes. O país aplicou até o momento mais de 16 milhões de doses contra a Covid-19, o equivalente a apenas 13% de sua população. 

Continua após a publicidade
Publicidade