Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Covid-19: Média móvel de novos casos está em crescimento há 16 dias

97.986 diagnósticos foram registrados nesta quinta, maior valor desde 18 de setembro; confira levantamento de VEJA

Por Matheus Deccache 13 jan 2022, 18h26

Dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) nesta quinta-feira (13) apontou 97.986 novos casos de Covid-19 no Brasil nas últimas 24 horas, o maior número desde 18 de setembro, há 117 dias. A quantidade de testagens positivas em um dia se aproxima dos 100.000, algo que só aconteceu em quatro oportunidades ao longo de toda a pandemia.

Desse modo, a média móvel de brasileiros infectados atingiu a marca de 61.193,9, um aumento de 745% em relação há 14 dias, ultrapassando os 60.000 pela primeira vez desde junho de 2021, há seis meses. 

O alto número de diagnósticos positivos vem sendo registrado desde 29 de dezembro e completa 16 dias consecutivos de aumento nesta quarta, após longo período estável e em queda, tendo seu maior pico de crescimento em 8 de janeiro – 833%.

Já a média móvel de mortes segue em crescimento após 24 horas em estabilidade. Com 174 mortes nas últimas 24 horas, o índice chegou a 129,1 – um aumento de 20% em relação há duas semanas –, maior valor de 2022.

O levantamento de VEJA considerou, nesta quinta-feira, os dados do CONASS, uma vez que o Ministério da Saúde, que costuma divulgá-los às 18h, não atualizou os sistemas até a publicação desta matéria.

Com 97.986 novos casos e 174 mortes, o Brasil chega a 22.815.287 diagnósticos de Covid-19 e 620.545 óbitos desde o início da pandemia.

Continua após a publicidade

Confira a média móvel da pandemia da Covid-19 no Brasil, nas cinco regiões do país e em todos os Estados:

Continua após a publicidade

Publicidade