Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Covid-19: Média Móvel de mortes segue em estabilidade pelo 4º dia

Lançamento de dados represados faz índice de casos disparar e bater recordes

Por Thaís Gesteira Atualizado em 18 set 2021, 19h47 - Publicado em 18 set 2021, 19h44

O Brasil registrou neste sábado, 18/9, 935 mortes por Covid-19, o maior número em 24h do último mês. Assim, a média móvel de óbitos ficou em 564,3. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -9,24% e aponta tendência de estabilidade pelo quarto dia, após 23 dias seguidos em queda. A avaliação é feita por infectologistas, que fixam variação de 15% como ponto de inflexão para que se mude o patamar de risco. Abaixo disso, é considerada a estabilidade.

Ao alcançar a estabilidade com a média móvel abaixo de 600 vítimas fatais por dia – o índice está abaixo desta marca há 12 dias – o país mostra que o avanço na campanha de vacinação enfraquece a potência letal do vírus. Depois de um longo período com frequentes altas no primeiro semestre do ano – e picos de mais de 3 100 óbitos na média móvel –, o Brasil tem registrado, em setembro, os índices mais baixos do ano.

O número de casos registrados nas últimas 24 horas, 150.106, é o maior de toda a pandemia. No entanto, isso se deve ao lançamento de dados represados do Rio de Janeiro e São Paulo. Do total de novos diagnósticos divulgados hoje, 70% – 105.700 – são somente do Rio de Janeiro, que está revisando dados antigos. Já os 25.034 casos registrados em São Paulo neste sábado são referentes ao período de 48h. A inclusão destes dados no sistema fizeram com o que o índice de média móvel disparasse 61,57% em comparação com os números contabilizados há duas semanas.

Em toda a pandemia, são 21.230.325 contaminados pelo vírus e 590.508 vítimas fatais em todo o território nacional.

O cálculo de médias móveis feito por VEJA consiste em somar todos os registros dos últimos sete dias e dividir o total por sete. Assim, é possível ter uma visão ampla do atual momento da pandemia.

Os gráficos abaixo mostram a evolução diária da média móvel no Brasil, nas cinco regiões geográficas, nos 26 estados da Federação (mais o Distrito Federal) e nas 27 capitais do país.

Confira a média móvel da pandemia da Covid-19 no Brasil, nas cinco regiões do país e em todos os Estados:

Confira a média móvel da pandemia da Covid-19 nas 27 capitais brasileiras, separadas em suas regiões*:

Continua após a publicidade
Publicidade