Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Covid-19: Média móvel de mortes é a mais alta desde 4 de abril 

Com 334 óbitos nesta sexta, índice chegou a 187,6; confira levantamento feito por VEJA

Por Matheus Deccache Atualizado em 13 jul 2022, 17h03 - Publicado em 24 jun 2022, 18h43

Dados divulgados pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira, 24, apontam que a média móvel de mortes no Brasil atingiu seu maior valor desde 4 de abril, há quase três meses. Na ocasião, foram registrados 165 óbitos por Covid-19 no país e o índice chegou a 193,7.

Com 334 mortes registradas nas últimas 24 horas, o número médio de vítimas fatais chegou a 187,6, um aumento de 32,7% em relação há duas semanas, se mantendo em alta pelo segundo dia consecutivo. Já a média móvel de novos casos subiu 25% nesta sexta. Com 60.384 diagnósticos, o índice também segue em crescimento pelo segundo dia.

A análise da situação pandêmica é feita a partir da variação de 15% fixada por infectologistas como ponto de inflexão. Dessa maneira, se um índice registrar um aumento superior a 15% em relação a duas semanas, ele está em alta; se o índice cair mais de 15% em relação ao mesmo período, ele está em queda. Médias que permanecem entre -15% e 15% são definidas como estáveis.

Já o cálculo de médias móveis definido por especialistas consiste em somar todos os registros dos últimos 14 dias e dividir o total por 14. Assim, é possível ter uma visão ampla do atual momento pandêmico.

Com 60.384 novos casos e 334 mortes, o Brasil chega a 32.023.166 diagnósticos de Covid-19 e 670.229 óbitos desde o início da pandemia.

Os gráficos ao final da matéria mostram a evolução diária da média móvel no Brasil, nas cinco regiões geográficas e nos 26 estados da Federação (mais o Distrito Federal).

Continua após a publicidade

Confira a média móvel da pandemia da Covid-19 nas cinco regiões do país e em todos os Estados:

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)