Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Covid-19: Brasil registra menos de duas mil mortes diárias há 40 dias

É o maior período consecutivo desde o primeiro registro superior a dois mil óbitos, em 10 de março

Por Matheus Deccache Atualizado em 11 ago 2021, 16h22 - Publicado em 10 ago 2021, 19h20

O avanço da vacinação segue impactando de forma positiva os números da Covid-19 no Brasil. Com 1.211 mortes registradas nesta terça-feira, 10, o país chegou a 40 dias consecutivos totalizando menos de duas mil mortes em um período de 24 horas, a maior sequência desde o primeiro registro superior aos dois mil óbitos, em 10 de maio. Na ocasião, foram contabilizadas 2.286 vítimas fatais. Anteriormente, o maior intervalo de tempo havia sido de cinco dias, entre 3 e 7 de junho. 

Com os dados desta terça, a média móvel de mortes permanece abaixo de mil e chega a 905,9 óbitos, atingindo o 12º dia consecutivo em queda. Somados aos dias de estabilidade, a curva de vítimas fatais está há 49 dias sem registrar aumento. Seguindo a mesma tendência, a média móvel de novos casos chegou a 32.403,6 diagnósticos e caiu 31,19% em relação a duas semanas atrás. É o quinto dia consecutivo em declínio após 14 dias apresentando estabilidade.

LEIA TAMBÉM: Variante Delta pode levar a aumento de casos de Covid-19 no Brasil

A avaliação comparativa do período de duas semanas é determinada por infectologistas, que fixam a variação de 15% como ponto de inflexão para que se mude a tendência da pandemia para alta ou queda.

Com 34.885 novos casos e 1.211 mortes, o Brasil chega a 20.212.642 diagnósticos de Covid-19 e 564.773 óbitos desde o início da pandemia.

Confira a média móvel da pandemia da Covid-19 no Brasil, nas cinco regiões do país e em todos os Estados:

Continua após a publicidade

Confira a média móvel da pandemia da Covid-19 nas 27 capitais brasileiras, separadas em suas regiões*:

Continua após a publicidade

Publicidade