Clique e assine a partir de 9,90/mês

Conheça o homem que sobreviveu a 27 infartos

Ray Woodhall sofreu os infartos após o futebol. Foi preciso uma equipe de 6 especialistas para lidar com o quadro do paciente

Por Da redação - Atualizado em 20 fev 2017, 22h08 - Publicado em 20 fev 2017, 17h12

Após passar uma hora jogando partidas de futebol, o britânico Ray Woodhall, de 54 anos, teve uma série de paradas cardíacas e, na emergência hospitalar, foi ressuscitado 27 vezes. A série de infartos aconteceu em dezembro do ano passado e o paciente acredita que irá demorar cerca de seis meses para se recuperar, segundo informações da BBC Brasil.

No momento do primeiro ataque, Woodhall praticava uma modalidade conhecida como walking football (futebol de caminhada, em tradução livre), uma versão mais leve do esporte. Ele começou a sentir dores no peito logo depois da última sexta e última partida e só concordou em chamar a emergência quando percebeu que o desconforto persistia.

Múltiplos infartos

O primeiro ataque cardíaco aconteceu no campo e os outros 26, já no hospital. “Meu último infarto foi o mais assustador”, disse. Foram tantos infartos seguidos que uma enfermeira até lhe pediu desculpas pelos socos durante a reanimação. “Morrer é como adormecer”, contou Woodhall, que só descobriu que havia, de fato, “morrido” tantas vezes ao ser informado pelos médicos. 

A esposa de Woodhall o acompanhou durante o processo. “Ela me viu morrer na sua frente”, contou. De noite, já no hospital, sua família chegou a ouvir dos médicos que ele provavelmente não sobreviveria após a série de paradas cardíacas entre 21h e 3h da manhã.

Continua após a publicidade

De acordo com informações do Hospital Worcestershire Royal, da Inglaterra, onde o paciente foi atendido, foi preciso recorrer a uma equipe de seis especialistas de plantão para lidar com o caso de “múltiplos ataques cardíacos“. Woodhall acredita que levará seis meses até sua recuperação total.

Publicidade