Clique e assine a partir de 9,90/mês

“Pensei em me matar”, diz Leo Dias sobre vídeo vazado

Fenômeno nas redes sociais, o colunista de celebridades expõe o sofrimento causado pela viralização de imagens em que aparece consumindo drogas

Por Sofia Cerqueira - Atualizado em 14 fev 2020, 10h11 - Publicado em 14 fev 2020, 06h00

Como se sentiu ao saber que um vídeo em que aparece usando cocaína havia vazado na internet? Entrei em pânico. Sabia que cedo ou tarde surgiria algo assim. Eu me expus demais levando para casa pessoas que não mereciam. Mas não posso culpar ninguém. Foi consequência dos meus atos.

É verdade que pensou em tirar a própria vida quando as imagens viralizaram? Pensei em me matar diversas vezes, não só naquele dia. Tive vergonha. Minha dependência envolve vários porquês. Durante muito tempo, questionei Deus sobre a razão de ser desse jeito. Por que sofro tanto com a cocaína e, por qualquer besteira, tenho tantas recaídas?

O fato de ser dependente químico faz com que você evite divulgar casos de famosos na mesma situação? Mesmo que não fosse viciado, não publicaria. É uma doença. Jamais expus o Fabio Assun­ção ou exibi vídeos de celebridades entre quatro paredes. Aliás, uma vez divulguei um do ator Alexandre Borges em que ele se relacionava com um trans. Não vejo isso como uma coisa que prejudique a imagem dele.

Como colunista social, você vive de expor as outras pessoas. Ser vítima do próprio veneno o levou a repensar o trabalho? Não. Sempre usei o bordão “A fama tem seu preço, e estou aqui para cobrar”. Agora, sou eu que estou pagando esse preço.

Continua após a publicidade

Teve receio de que a exposição negativa o prejudicasse neste momento, em que estreia como apresentador na RedeTV! e fará um novo programa de rádio? Com vídeo ou não, minha carreira é prejudicada, porque todo mundo sabe do meu problema com as drogas. Se não fosse por isso, estaria milionário. O SBT só me pagava mal por eu ser viciado.

Já passou por outras situações que pudessem comprometer sua carreira? Muitas. Embora sempre comprasse droga num esquema de delivery, um traficante do Complexo da Maré já bateu na casa dos meus pais para cobrar uma dívida. Também fui bastante chantageado.

Algum famoso usou sua dependência química para atacá-lo? Vários. Um cantor famoso contratou até um detetive particular para me flagrar usando drogas. Quando eu disse que o pai da Anitta traía a mãe dela ainda casado, ele fez um vídeo em que afirmava que eu estava cheirado.

Foi mesmo a Xuxa que o incentivou a criar um blog? Foi. Ela diz que posso ajudar outras pessoas escrevendo sobre minha experiência.

Continua após a publicidade

Está se tratando? Faço terapia e um tratamento alternativo. Estou limpo desde o fim de dezembro.

Publicado em VEJA de 19 de fevereiro de 2020, edição nº 2674

Publicidade