Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Sem festa, Joaquin Phoenix comemora o Oscar comendo hambúrguer na calçada

Nada de badalação, o melhor ator do ano foi com a noiva, a também atriz Rooney Mara, saborear um sanduíche vegano

Por Redação 10 fev 2020, 16h45

Após a premiação do Oscar neste domingo (9), a maioria dos astros e estrelas segue para festas privadas badaladíssimas. A principal delas, por exemplo, da revista americana Vanity Fair, é a que mais reúne os ganhadores das estatuetas douradas. Porém, para o melhor ator do ano, Joaquin Phoenix, que levou a estatueta por seu brilhante papel em Coringa, o jeito de festejar foi diferente.

Phoenix, conhecido por ser ativista, ambientalista e um grande defensor dos direitos humanos, pegou sua noiva, a também atriz Rooney Mara, que, aliás, errou feio no vestido durante o tapete vermelho da premiação, e foi comer um hambúrguer vegano na calçada da lanchonete Mounty’s Good Burger, em Los Angeles.

A foto dos dois sentados no chão sorridentes com a estatueta dourada no centro consiste na melhor comemoração de pós-Oscar que as pessoas vão ver – muito além dos flashes dentro das festanças chiques e badaladas. A imagem foi feita pelo fotógrafo Greg Willians, que a compartilhou no Instagram.

View this post on Instagram

#joaquinphoenix who won the best actor Oscar tonight for his role in @jokermovie and #rooneymara tuck into their #montysveganburgers #vegan #farmsanctuary #gregwilliams #gregwilliamsphotography #LeicaQ2

A post shared by Greg Williams (@gregwilliamsphotography) on

Discurso

Durante a premiação, Joaquin Phoenix foi ovacionado ao subir no palco e fazer um discurso para levantar questões políticas e, desta vez, pediu compaixão entre as pessoas para que elas ensinem umas às outras a serem melhores.

“Fui egoísta, bobo, difícil de trabalhar, ingrato, mas muitos de vocês nesta sala me deram uma segunda chance”, disse. “Acho que estamos na nossa melhor forma quando nos apoiamos, não quando deixamos os outros de lado por erros do passado, mas sim quando ajudamos os outros a crescer, quando apoiamos uns aos outros, guiamos os outros rumo à redenção, esse é o caminho para a humanidade.”

Phoenix concorria ao prêmio de melhor ator com Adam Driver (História de um Casamento), Jonathan Pryce (Dois Papas), Antonio Banderas (Dor e Glória) e Leonardo DiCaprio (Era uma Vez em… Hollywood).

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)