Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Papa diz que queda na taxa de natalidade da Itália é uma ‘tragédia’

"Parece que muita gente perdeu o desejo de ter filhos", lamentou o pontífice; país registrou 404.892 nascimentos e 746.146 mortes em 2020

Por Da Redação Atualizado em 27 dez 2021, 11h47 - Publicado em 27 dez 2021, 11h45

O papa Francisco lamentou a queda na taxa de natalidade da Itália, durante discurso em frente à Basílica de São Pedro, no Vaticano, no domingo, 26. Segundo o pontífice, o baixo número de nascimentos é uma “tragédia” que  ameaça o futuro do país.

“O inverno demográfico é uma preocupação real, pelo menos aqui na Itália”, discursou Francisco, segundo informações da agência Reuters. “Parece que muita gente perdeu o desejo de ter filhos. Muitos casais preferem ficar sem filhos ou ter apenas um filho. É uma tragédia que vai contra nossas famílias, nosso país e nosso futuro.”

Em 2020, os nascimentos no país atingiram seu nível mais baixo desde a unificação da nação em 1861, segundo dados do escritório nacional de estatísticas (Istat).

Houve 404.892 nascimentos na Itália no ano passado, menos 15.192 em relação a 2019, chegando a 12 anos consecutivos de queda. Houve ainda 746.146 mortes em 2020, quando a população caiu para 59,3 milhões. O Istat acrescentou que a pandemia de Covid-19 parece ser um fator considerável para o declínio.

Continua após a publicidade

Publicidade