Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Veja quais capitais definiram seus prefeitos e onde haverá segundo turno

Dos sete candidatos que venceram no primeiro turno, três são do DEM, dois do PSD e dois do PSDB; MDB tem a maioria dos postulantes onde ainda há disputa

Por Da Redação Atualizado em 16 nov 2020, 01h47 - Publicado em 16 nov 2020, 07h00

Terminado o primeiro turno da eleição para prefeituras de 25 capitais – Brasília não tem prefeito e Macapá não teve disputa por causa de problemas no fornecimento de energia elétrica –, sete cidades já definiram seus prefeitos e 18 terão que passar por uma segunda rodada eleitoral para definir os vencedores.

Nas sete capitais em que a disputa foi definida no primeiro turno, apenas três partidos triunfaram — todos de centro. O grande vencedor é o DEM, que elegeu Bruno Reis (Salvador) e reelegeu Rafael Greca (Curitiba) e Gean Loureiro (Florianópolis).

As outras quatro prefeituras ficaram dividas entre o PSD (reeleição de Alexandre Kalil em Salvador e de Marquinhos Trad em Campo Grande) e o PSDB (reeleição de Alvaro Dias em Natal e Cinthia Ribeiro em Palmas).

 

Continua após a publicidade

Candidatos eleitos já no primeiro turno:

 

Continua após a publicidade

BELO HORIZONTE (MG)

  • Alexandre Kalil (PSD) – 63,36% (reeleito)

CAMPO GRANDE (MS)

  • Marquinhos Trad (PSD) – 52,58% (reeleito)

CURITIBA (PR)

  • Rafael Greca (DEM) – 59,74% (reeleito)

FLORIANÓPOLIS (SC)

  • Gean Loureiro (DEM) – 53,46% (reeleito)

NATAL (RN)

  • Alvaro Dias (PSDB) -56,58% (reeleito)

PALMAS (TO)

  • Cinthia Ribeiro (PSDB) – 36,24% (reeleito)

SALVADOR (BA)

  • Bruno Reis (DEM) – 64,20%

 

Continua após a publicidade

Já nas 18 cidades onde o prefeito será escolhido no segundo turno (que será disputado no dia 29 de novembro), o partido que terá mais concorrentes será o MDB, com sete. Na sequência, aparecem, com três candidatos cada um, o Progressistas, o PSB, o PSDB e o Republicanos. O PT terá candidatos em apenas duas cidades, mesmo número do PSOL e do PDT.

 

Continua após a publicidade

Onde haverá segundo turno e quem serão os candidatos:

 

Continua após a publicidade

ARACAJU (SE)

  • Edvaldo Nogueira (PDT) – 45,57%
  • Danielle Garcia (Cidadania) – 21,31%

BELÉM (PA)

  • Edmilson Rodrigues (PSOL) – 34,22%
  • Everaldo Eguchi (Patriota) – 23,06%

BOA VISTA

  • Arthur Henrique (MDB) – 49,64%
  • Ottaci Nascimento (Solidariedade) – 10,59%

CUIABÁ

  • Abílio Júnior (Podemos)´- 33,72%
  • Emanuel Pinheiro (MDB) – 30,64%

FORTALEZA

  • José Sarto (PDT) – 35,72%
  • Capitão Wagner (Pros) – 33,32%

GOIÂNIA

  • Maguito Vilela (MDB) – 36,02%
  • Vanderlan Cardoso (PSD) – 24,67%

JOÃO PESSOA

  • Cícero Lucena (Progressistas) – 20,72%
  • Nilvan Ferreira (MDB) – 16,61%

MACEIÓ (AL)

  • Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB) – 29,09%
  • João Henrique Caldas (PSB) – 28,43%

MANAUS (AM)

  • Amazonino Mendes (Podemos) – 23,91%
  • David Almeida (Avante) – 22,36%

PORTO ALEGRE

  • Sebastião Melo (MDB) – 31,01%
  • Manuela D’Ávila (PCdoB) – 29%

PORTO VELHO

  • Hildon Chaves (PSDB) – 34,01%
  • Cristiane Lopes (Progressistas) – 14,32%

RECIFE

  • João Campos (PSB) – 29,17%
  • Marília Arraes (PT) – 27,95%

RIO BRANCO

  • Tião Bocalom (Progressistas) – 49,58%
  • Socorro Neri (PSB) – 22,68%

RIO DE JANEIRO

  • Eduardo Paes (DEM) – 37,01%
  • Marcelo Crivella (Republicanos) – 21,90%

SÃO LUÍS (MA)

  • Eduardo Braide (Podemos) – 37,81%
  • Duarte Júnior (Republicanos) – 22,15%

SÃO PAULO (SP)

  • Bruno Covas (PSDB) – 32,86%
  • Guilherme Boulos (PSOL) – 20,24%

TERESINA (PI)

  • Doutor Pessoa (MDB) – 34,53%
  • Kleber Montezuma (PSDB) – 26,70%

VITÓRIA (ES)

  • Lorenzo Pazolini (Republicanos)- 30,95%
  • João Coser (PT) – 21,82%

 

Continua após a publicidade

Nas eleições de 2016, o partido que mais elegeu prefeitos nas capitais foi o PSDB, com sete. Na sequência, vieram o PMDB (hoje MDB), com quatro, o PDT (três), o PSD (dois) e o PSB (dois). Outros oito partidos conquistaram uma prefeitura cada um (PT, DEM, PPS, Rede, PCdoB, PHS, PMN e PRB).

Continua após a publicidade
Publicidade