Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Quem são os parlamentares que votaram para retirar o Coaf de Moro

Ministro da Justiça teve mais apoio entre senadores; parlamentares da oposição e do Centrão estão entre os que votaram para derrotar o ex-juiz em comissão

Por Guilherme Venaglia Atualizado em 9 Maio 2019, 14h56 - Publicado em 9 Maio 2019, 14h12

Nesta quinta-feira 9, a comissão mista que analisa a reforma administrativa proposta pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) decidiu por catorze votos a favor e onze contra retirar o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) da alçada do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

O tema ainda precisa ser votado nos plenários da Câmara e do Senado. A decisão da comissão especial é uma derrota para Moro, que passou os últimos dias em reuniões com diversos deputados para buscar a manutenção do Coaf em sua pasta. Também foi uma derrota para Bolsonaro, que, ao assumir, transferiu o Coaf do Ministério da Economia para o da Justiça.

Quem votou para retirar Coaf de Moro

Senadores

Ciro Nogueira (PP-PI), Jayme Campos (DEM-MT), Jean-Paul Prates (PT-RN), Nelsinho Trad (PSD-MS) e Rogério Carvalho (PT-SE)

Continua após a publicidade

Deputados federais

Alexandre Padilha (PT-SP), Arthur Lira (PP-AL), Camilo Capiberibe (PSB-AP), Célio Silveira (PSDB-GO), Elmar Nascimento (DEM-BA), Luiz Carlos Motta (PR-SP), Marx Beltrão (PSD-AL), Subtenente Gonzaga (PDT-MG) e Valtenir Pereira (MDB-MT)

Quem votou para manter Coaf com Moro

Senadores

Alessandro Vieira (Cidadania-SE), Antonio Anastasia (PSDB-MG), Fernando Bezerra (MDB-PE), Otto Alencar (PSD-BA), Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Selma Arruda (PSL-MT) e Simone Tebet (MDB-MS)

Deputados federais

Daniel Coelho (Cidadania-PE), Diego Garcia (Podemos-PR) e Filipe Barros (PSL-PR)

Continua após a publicidade

Publicidade