Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Vaccari e o fantasma da cadeia

Por Da Redação - 20 nov 2014, 06h22

Petistas afirmam que o tesoureiro do partido, João Vaccari Neto, tem dormido bastante tenso em meio aos depoimentos prestados nos últimos dias à Polícia Federal pelos executivos presos na sétima fase da Operação Lava Jato – especialmente o do presidente e sócio majoritário da UTC, Ricardo Pessôa, que contou aos investigadores que tinha “contato mais próximo” com Vaccari. Segundo o empresário relatou à Polícia Federal, o tesoureiro pedia dinheiro para o PT. O empresário foi apontado por delatores do petrolão como líder do clube do bilhão, o cartel formado por empreiteiras para fraudar licitações da Petrobras. (Silvio Navarro, de São Paulo).

Publicidade