Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

TSE inclui o Pros no rateio do fundo partidário

Por Da Redação 21 jan 2014, 19h00

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Marco Aurélio Mello, concedeu liminar nesta terça-feira determinando a inclusão do recém-criado Partido Republicano da Ordem Social (Pros) no rateio de 95% do Fundo Partidário – dinheiro público distribuído proporcionalmente entre todas as legendas, de acordo com a quantidade de votos recebidos nas últimas eleições para a Câmara dos Deputados. Os 5% restantes são destinados a partidos que tenham estatuto registrado no TSE. Aprovado há quatro meses, o Pros filiou dezoito deputados, que migraram para a agremiação, e formou um bloco com o PP. A principal liderança da sigla é o governador do Ceará, Cid Gomes. A decisão definitiva do TSE deverá ser tomada em fevereiro, após o recesso. O novato Solidariedade também briga pela mesma causa na Justiça Eleitoral. (Marcela Mattos, de Brasília)

Publicidade