Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Teori pede ‘harmonia’ entre procuradoria e PF na Lava Jato

Em despacho, ministro do Supremo evitou interferir no embate entre as duas instituições sobre a condução das investigações do escândalo

Por Da Redação
1 Maio 2015, 01h28

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu nesta quinta-feira que a Polícia Federal e a Procuradoria-Geral da República atuem de forma “harmoniosa” na condução das investigações da Operação Lava Jato. Relator do processo do escândalo do petrolão no Supremo, Teori evitou interferir no embate entre os dois órgãos sobre o andamento da investigação. Para o magistrado, a PF e a procuradoria devem se entender sozinhos sobre as atribuições de cada um.

LEIA TAMBÉM:

A queda de braço que ameaça a Operação Lava Jato

PGR pede que PF informe semanalmente andamento da investigação

Continua após a publicidade

O posicionamento do ministro apareceu no despacho em que Teori autoriza pedidos de prorrogação por mais sessenta dias em vinte dos 26 inquéritos que tramitam na Corte. “É do mais elevado interesse público e da boa prestação da Justiça que a atuação conjunta do Ministério Público e das autoridades policiais se desenvolva de forma harmoniosa, sob métodos, rotinas de trabalho e práticas investigativas adequadas, a serem por eles mesmos definidos”, declarou o ministro. Teori completou ainda que não é sua função “delimitar campos de atuação de autoridades”.

Na queda de braço entre as duas instituições pelo controle da investigação, a Procuradoria-Geral chegou a pedir a pedir ao Supremo que os policiais federais prestassem contas semanais do andamento da Lava Jato – Teori não entrou no mérito da questão. O método de apuração e as agendas de depoimentos são os principais pontos de divergência entre procuradoria e PF na investigação de políticos envolvidos no petrolão.

(Da redação)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.