Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

PPS de Soninha Francine fecha apoio a Serra no 2º turno

Tucano selou aliança também com PDT. PMDB estará com Fernando Haddad

Por Da Redação 10 out 2012, 10h30

O PPS decidiu em reunião na noite de terça-feira apoiar a candidatura de José Serra (PSDB) à prefeitura de São Paulo neste segundo turno. A aliança será oficializada na tarde desta quarta no comitê central da campanha tucana. Os dirigentes do partido discutiam duas hipóteses de posicionamento: a neutralidade ou o apoio a Serra. A adesão à campanha de Fernando Haddad (PT) foi descartada logo de largada. “Por todo o contexto do PT, envolvido com o mensalão, a constrangedora foto nos jardins da mansão de Paulo Maluf e a deplorável vinculação do apoio de Marta Suplicy à sua nomeação para o Ministério da Cultura”, justificou o PPS em nota. O argumento da legenda para apoiar Serra foi a avaliação positiva de seus dirigentes a respeito da gestão de Serra à frente da prefeitura e do governo do estado no passado. Soninha Francine, candidata do PPS no primeiro turno, é próxima de Serra e do PSDB. Ela foi subprefeita na administração de Gilberto Kassab (PSD), superintendente na Secretaria do Trabalho do governo do tucano Geraldo Alckmin e coordenou a campanha presidencial de Serra na internet em 2010. Na terça, enquanto o PPS ainda negociava com o PSDB, Soninha chegou a anunciar em seu blog que apoiaria Serra. Em seguida, apagou o post. Já fechou apoio a José Serra também o PDT, de Paulinho da Força. Os tucanos negociam agora com o PTB, que esteve na chapa do candidato do PRB, Celso Russomanno. Fernando Haddad conquistou o apoio do PMDB, de Gabriel Chalita, com a bênção do vice-presidente da República, Michel Temer. O PRB negocia tanto com petistas quanto com tucanos. Soninha em entrevista a VEJA: “Eu vi no PT a Revolução dos Bichos”

Publicidade