Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

O recado antiostentação de Lula a ministros antes de nova viagem

Presidente segue nesta semana para participar da 28ª COP, nos Emirados Árabes, mas passará ainda por Arábia Saudita, Catar e Alemanha

Por Ricardo Chapola
Atualizado em 27 nov 2023, 17h16 - Publicado em 26 nov 2023, 16h26

Lula retomará a rotina de viagens internacionais nesta semana. O petista vai participar da 28ª Conferência de Mudanças Climáticas (COP) da ONU no dia 30, nos Emirados Árabes. Antes disso, vai visitar a Arábia Saudita e também o Catar. O presidente ainda vai à Alemanha para a primeira reunião do G20 sob o comando do Brasil.

Na sexta-feira 23, o presidente fez um pedido especial aos ministros que integrarão a comitiva. Para evitar notícias negativas, recomendou a seus auxiliares que evitem a publicação de fotos, vídeos ou qualquer coisa que possa sugerir algum tipo de ostentação.

Ministros que participaram da reunião de preparação confidenciaram à reportagem que o aviso de Lula foi dado enquanto o encontro estava ainda a portas fechadas e só contava com integrantes do governo. Isso porque outras autoridades participaram da reunião, como o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP) e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

A preocupação de Lula é que seus auxiliares, mesmo que involuntariamente, acabem fornecendo munição aos adversários nas redes sociais, em um momento em que sua gestão passa por algumas crises, como a envolvendo reuniões da mulher de um integrante do Comando Vermelho (CV) com funcionários do Ministério da Justiça.

Continua após a publicidade

Em quase um ano, o governo Lula já gastou cerca de R$ 1 bilhão com despesas de viagens. Só para o exterior, os números são da ordem de R$ 164 milhões para a compra de passagens e o pagamento de diárias em hotéis. Ao instalar a comissão que vai cuidar da viagem, o presidente cobrou dedicação dos integrantes durante a presidência brasileira no G20.

Durante a viagem, devem ser assinadas mais de duas dezenas de entendimentos e declarações ligadas a temas como mudança climática e justiça social. “É um evento muito importante. Acho que é mais importante do ponto de vista político do que uma Copa do Mundo”, afirmou Lula, ao destacar que uma das prioridades é o foco no combate à fome. Ostentação, portanto, não combina com esse discurso.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.