Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

No Twitter, Joaquim Barbosa critica Temer em três línguas

Ex-ministro do STF chamou de "impeachment tabajara" e "patético espetáculo" o processo que cassou o mandato de Dilma

Por Da redação Atualizado em 31 ago 2016, 21h34 - Publicado em 31 ago 2016, 21h19

Crítico declarado do processo de impeachment de Dilma Rousseff, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa disparou nesta quarta-feira contra o presidente da República recém-empossado, Michel Temer, em sua conta no Twitter. As alfinetadas foram publicadas em três línguas diferentes — inglês, francês e português.

“O homem parece acreditar piamente que terá o respeito e a estima dos brasileiros pelo fato de agora ser presidente. Engana-se”, escreveu, classificando como “patética” a primeira entrevista de Temer como presidente efetivo e chamando de “tabajara” e “patético espetáculo” o impeachment de Dilma.

Leia também: Temer faz pronunciamento à nação: ‘O pior já passou’

Em seguida, o relator do processo do mensalão no STF postou em inglês que é “vergonhoso” ver as “forças políticas conservadoras do país levarem tudo” e comparou Temer aos “antigos caudilhos da América Latina”. Em francês, ironizou o presidente, dizendo que ele pensa que um “passe de mágica jurídico lhe confere legitimidade”. “Le pauvre (pobre)”, comentou.

Ao todo, Barbosa publicou doze mensagens nesta tarde, após o Senado decidir cassar o mandato de Dilma — algumas delas tinham erros gramaticais. “Eu estava com pressa indo para minha aula de pilates”, justificou o ex-ministro do STF, no Twitter.

Continua após a publicidade
Publicidade